Após visita a Timbó, vereadores ressaltam necessidade de maior volume de reciclagem

A visita ao Parque Girassol, em Timbó, e a necessidade de Guabiruba ampliar a reciclagem já feita no município foram os temas principais da sessão da última terça-feira (22). O local é para onde o lixo reciclável da cidade e outras integrantes do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (Cimvi) é destinado para ser processado.

No último dia 16, a comitiva composta, além de vereadores, pelo prefeito Valmir Zirke, do vice Cledson Kormann e secretários pode conhecer o funcionamento do local. Segundo o presidente da Câmara, apesar do bom trabalho de reciclagem feito na cidade, há a possibilidade de e um aumento no volume. A estimativa é que 20% dos resíduos da cidade passem pelo local.

“Segundo eles, o lixo é bem cuidado, limpo, é de uma qualidade muito boa da coleta seletiva da nossa cidade. O que precisamos é aumentar. Tem município que estão na nossa frente em quantidade de toneladas, reciclando mais que Guabiruba. A população já faz um excelente trabalho, temos que agradecer que a população aderiu muito rápido, mas a gente pode aumentar”, resumiu.  

Com a aprovação de uma nova concessão ao Cimvi, as cidades integrantes devem ampliar sua reciclagem com a atuação de uma empresa especializada. Os  80% do lixo que seriam destinados para aterro sanitário passam a ser reaproveitados para geração de energia, fabricação de paver, tijolos e materiais para uso pelas secretarias locais em até cinco anos.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões