Réu é condenado a 8 anos de prisão por estupro

De ordem do Juiz de Direito Titular da Vara Criminal da Comarca de Brusque, Edemar Leopoldo Schlösser, foi proferida sentença à pena de 8 anos de reclusão, em regime inicial fechado e 2 meses de detenção, em regime inicial aberto a um réu por crime de estupro qualificado e resistência. O crime ocorreu em 30 de setembro de 2020, por volta das 13:00 horas, o denunciado chegou na residência da vítima, que contava com apenas 14 anos de idade, pedindo a doação de roupas usadas para uma instituição filantrópica.

Em ato contínuo, assim que a adolescente abriu a porta da casa, o acusado a agarrou pelo pescoço e a deixou desacordada. Com a vítima desmaiada, o criminoso abaixou as vestimentas da menor e a estuprou, tendo logo em seguida se evadido do local. Ao retomar os sentidos, a vítima percebeu que suas roupas estavam abaixadas até o joelho e havia sangue em suas partes íntimas, além de estarem doloridas, tendo saído correndo do local e pedido ajuda a um transeunte, o qual inclusive avistou o acusado correndo pela via pública próximo à casa da vítima instantes antes.

Acionada a Polícia Militar, a vítima repassou as características do autor e os agentes realizaram rondas, logrando êxito em capturá-lo nas redondezas, sendo o acusado reconhecido pela vítima como sendo o autor do delito, bem como por uma testemunha como sendo a pessoa que ele avistou correndo próximo à casa da menor.

O acusado se opôs à execução de ato legal emanado por funcionários públicos competentes para executá-lo, mediante violência, tanto é que tentou agredir um dos policiais militares com chutes e mordidas, além de proferir ameaças, dizendo que o mataria quando fosse libertado. Após regular processamento do feito, em 25 de maio de 2021 foi proferida sentença condenando o acusado. Foi negado ao sentenciado o direito de recorrer em liberdade e mantida a prisão preventiva decretada em seu desfavor.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões