Bancários de Brusque querem ser priorizados na vacinação

O Sindicato dos Bancários de Brusque entregou nesta semana à Prefeitura de Brusque e também assim fará nas demais cidades que compõem a base da entidade, pedidos para que os bancários de cada município sejam priorizados na vacinação contra a Covid-19. O ofício foi assinado também pelos gerentes das agências bancárias da cidade.

Joel Soares Bueno, presidente do sindicato, argumenta que a atividade bancária é considerada essencial e tem por finalidade atender os interesses dos clientes, usuários de serviços e de toda a sociedade.

O presidente do sindicato lembra também que os bancos não tiveram suas atividades interrompidas em nenhum momento desde a decretação da pandemia do novo coronavírus, estando assim os trabalhadores expostos aos riscos de contágio nos ambientes de trabalho, já que devido a questões de segurança, os bancários trabalham em ambientes fechados e quase sem nenhuma ventilação natural.

No pedido do sindicato, o presidente reitera sobre a vacinação para a categoria baseado na autonomia dada pelo Ministério da Saúde aos estados e municípios, que podem estabelecer seu próprio esquema de vacinação e dar vazão à fila de acordo com as características de sua população, demandas de cada região e doses disponibilizadas.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Homem oferece ajuda e acaba sendo furtado

Por volta de 12h22 de sexta-feira (30) a Polícia Militar foi acionada para averiguar um furto que teria ocorrido no bairro Águas Claras, na rua Augusto Klapoth. No local, a vítima (63 anos) informou que teria deixado seu caminhão parado no estacionamento de uma loja e foi abordado por um homem que lhe solicitou alguma quantia em dinheiro. Diante da situação, a vítima ofereceu o dinheiro em troca de um favor, sendo este, uma ajuda para...
Continuar lendo...

Homem de 39 anos e mulher de 60 morrem de Covid-19 em Brusque

Brusque registrou, nas últimas horas, mais duas mortes associadas ao Coronavírus. Com elas, a cidade chega a 293 falecimentos por conta da doença durante a pandemia. Um mulher de 60 anos, moradora do bairro Zantão, manifestou os primeiros sintomas da doença em 29 de junho. Não há registro de passagem pelo Centro de Triagem de Sintomáticos. A paciente era portadora de comorbidades.   Já o homem de...
Continuar lendo...

Covid-19: Brasil tem 2 mil novos óbitos e 65,1 mil novos diagnósticos

A atualização do Ministério da Saúde sobre a pandemia de hoje (1º) trouxe 2.029 óbitos registrados em 24 horas. Com isso, o número de vidas perdidas para a pandemia alcançou 520.095. A quantidade de casos de covid-19 desde o início da pandemia chegou a 18.622.304. Entre ontem e hoje, as autoridades de saúde registraram 65.163 novos casos da covid-19.  O número de recuperados é de 16.931.272 pessoas, o...
Continuar lendo...