Sagrado Coração de Jesus é celebrado com festa na Matriz São Luís Gonzaga

Todos os anos, a Igreja Católica do mundo inteiro, celebra a Festa do Sagrado Coração de Jesus na segunda sexta-feira após a solenidade de Corpus Christi. Já no sábado, a celebração da Igreja enaltece o Imaculado Coração de Maria. Desta forma, a Igreja Matriz São Luís Gonzaga, em Brusque, realizou celebrações alusivas às duas importantes datas, e reuniu diversos fiéis nas três missas de sexta-feira (11), e nas duas missas de sábado (12).

O Sagrado Coração de Jesus, rodeado por espinhos, recebeu lugar de destaque próximo ao altar da Matriz. Ladeada por mini margaridas, a imagem foi ponto de contemplação e oração dos fiéis que passaram pela igreja, nas celebrações de sexta-feira, que tiveram início às 7 horas, com missa presidida por Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger; às 15 horas missa presidida por Pe. Cristiano Tiago Araújo e às 19 horas, com a missa presidida pelo padre Josimar Baggio e concelebrada pelo pároco Pe. Diomar Romaniv. “A solenidade do Sagrado Coração de Jesus manifesta a devoção dos fiéis e de toda igreja ao amor de Deus, manifestado em Jesus, de forma especial nessa imagem, que é o seu coração, um coração transpassado na cruz, de onde brotou sangue e água, que significam a igreja e também todos os sacramentos. É para nós um dia de muita alegria, de fé viva. Celebrar o Coração de Jesus é celebrar em primeiro lugar o amor de Deus, um amor capaz de obedecer e capaz de ofertar-se pela nossa salvação. Um amor que nos constrange e que nos encanta também, como cristãos que nós somos”, explica Pe. Baggio.

A data também é a solenidade máxima da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, que há mais de 100 anos atua na Paróquia São Luís Gonzaga, no Colégio e Faculdade São Luiz e no Convento Sagrado Coração de Jesus. “Celebramos ainda o dia de oração pela santificação do clero, onde todos os fiéis se unem em oração pelos sacerdotes, pela sua missão na igreja e no mundo, para que sejam cada vez mais os pastores segundo o coração de Deus”, complementa o padre.

A celebração em honra ao Sagrado Coração de Jesus, reuniu diversos membros do Movimento do Apostolado da Oração, que participaram da procissão de entrada, estendendo a bandeira do Movimento ao lado da imagem. A Igreja Matriz conta com 187 membros e realizou, durante a missa das 19 horas, a bênção e entrega das faixas a duas novas integrantes do Movimento. “O Apostolado da Oração reúne milhares de pessoas em todo o mundo, homens e mulheres que através dessa devoção ao Coração de Jesus, expressam a sua fé e fazem a comunidade tão viva e atuante”, revela Pe. Baggio.

Imaculado Coração de Maria

Já no sábado, que amanheceu frio e iluminado, a imagem do Sagrado Coração de Jesus ganhou companhia próximo ao altar: o Imaculado Coração de Maria, transpassado por uma espada. Às 7h30 foi realizada a primeira celebração, presidida pelo pároco Pe. Diomar Romaniv. “Em muitas das nossas casas, no oratório que lá se tem ou em alguma estante, essas duas imagens ficam juntas, os dois corações, lado a lado, como inspiração para a vida de cada pessoa, de cada família. Quando olhamos para o coração de Maria, nós lembramos primeiro do seu coração puro, santo, um coração bom, bonito, grande. O coração de Maria foi capaz de dizer sim ao projeto de Deus para ser mãe de Jesus, foi capaz de viver o silêncio, a paz, a vida de oração. Um coração que se tornou tão grande para acolher todos os cristãos, todos os discípulos de Jesus. No alto da cruz quando Jesus disse: ‘esta é tua mãe, este é o teu filho’, em João estava cada um de nós. Neste coração de mãe, que sempre cabe mais um, estamos cada um de nós, sob a proteção, o cuidado e a oração de Maria”, comenta Pe. Diomar.

Durante a santa missa, o pároco ressaltou o momento significativo que é celebrar o Imaculado Coração de Maria para os fiéis e a igreja. “Saber que no céu, Maria, todos os dias, nos trata como filhos, cuidando de cada um de nós, que intercede por nós, pela nossa vida, reza pelos nossos pedidos, é um dia de grande festa, é o que nós celebramos como comunidade. Saudamos Maria e contemplamos o seu coração para viver como ela este dia e toda a nossa vida, na pureza, na santidade, na paz, com um coração bom e bonito, capaz de acolher e rezar pelas pessoas”.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões