Confira o panorama do abastecimento de água no pós-chuvas

Ciente das previsões que indicavam a incidência de fortes chuvas na região, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque vem acompanhando a evolução das precipitações desde o início da madrugada desta quarta-feira, 9 de junho.

Na última atualização do panorama do abastecimento na cidade, realizado por volta de 9h20, as regiões mais afetadas pela intempérie eram os bairros Santa Luzia e Dom Joaquim. 

Ambas as localidades são abastecidas com água tratada em microssistemas, que possuem menor capacidade de operação quando - por conta das fortes chuvas - a água bruta dos mananciais apresenta alta turbidez.

“Nos pontos mais altos destes bairros poderá ocorrer desabastecimentos pontuais nas próximas horas”, destaca o diretor-presidente da autarquia, Luciano Camargo. “Para mitigar essa situação, já mobilizamos o nosso serviço de caminhão pipa para abastecer estes reservatórios e cisternas”, salienta.

Confira a situação resumida do abastecimento de água na cidade:

Estação de Tratamento de Água (ETA) Santa Luzia

Por conta da alta turbidez da água, a ETA do bairro ainda não voltou a operar. Caminhões pipa abastecem os reservatórios da região, que já apresentam níveis baixos.

ETA Limeira

Já voltou a operar. Reservatórios cheios e sem previsão de desabastecimento para a região.

ETA Ribeirão do Mafra

Operando com vazão reduzida, mas reservatórios encontram-se cheios. Sem previsão de desabastecimento.

ETA Dom Joaquim

Por conta da alta turbidez da água, a ETA do bairro ainda não voltou a operar. Caminhões pipa abastecem os reservatórios da região, que já apresentam níveis baixos.

ETA Zantão

Estação operando normalmente, com reservatórios acima de 50%. Não há previsão de desabastecimentos.

ETA Volta Grande

Operando com vazão reduzida. Cisternas com baixo nível. Pode ocorrer desabastecimentos.

ETA Central

Operando normalmente.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões