Construção civil: negociações renderam mais de 80% de reajustes salariais nos últimos anos

Apesar das turbulências no mercado, principalmente com a pandemia do Coronavírus, o setor de construção civil e mobiliário de Brusque e região tem marcado índices positivos nas negociações coletivas ao longo dos anos. Os percentuais de reajustes salariais nos pisos da categoria, acertados entre o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário (SINTRICOMB) e o Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário (SINDUSCON), ultrapassam 80% nos últimos nove anos.

O número é fruto de levantamento feito pelo SINTRICOMB com base nos resultados das Convenções Coletivas de Trabalho (CCT) assinadas entre as duas entidades de 2012 a 2021. Nesse período, os pisos salariais da categoria sofreram reajustes de 86,50%. Da mesma forma, os salários de quem recebe acima dos pisos foram reajustados em 61,53%, com ganho real de, aproximadamente, 25% nesse período. O ganho real é aquilo conseguido além do que determina a lei.

Na manhã desta segunda-feira (24), os presidentes do SINTRICOMB, Izaias Otaviano, e do SINDUSCON, Fernando José de Oliveira, estiveram an Rádio Cidade para falar sobre o tema no programa Rádio Revista Cidade. 

Este ano, o percentual de reajuste nos salários foi o maior dos últimos: 7,59% para quem recebe acima dos pisos da categoria e de 9% para quem recebe os pisos. Em 2020, os percentuais foram de 2,45% e 3%, respectivamente. O último ano em que o percentual ficou acima de 7% foi em 2016, com 9,83% e 12,50, respectivamente.

Negociação 2021 teve ganho real

A negociação com o sindicato patronal (SINDUSCON) foi iniciada em março deste ano, após as assembleias com os trabalhadores, que definiram os percentuais de reajustes a serem enviados aos empresários.

Depois disso, reuniões entre a comissão de negociação dos trabalhadores e do SINDUSCON tratou dos pontos apresentados no documento. O martelo foi batido no último dia 27 de abril, em reunião das duas comissões.

NOVOS VALORES DEFINIDOS

Os novos valores salariais ficaram assim definidos:

MESTRES DE OBRAS        R$ 2.369,00                         R$ 10,77 por hora

PROFISSIONAL                   R$ 1.991,00                        R$ 9,05 por hora

MEIO OFICIAL                    R$ 1.718,00                        R$ 7,81 por hora

SERVENTE                           R$ 1.600,00                        R$ 7,28 por hora

SUBSÍDIO CONJUGE          R$ 95,00

PRÊMIO FREQUÊNCIA       R$ 53,00

 

Percentuais de reajuste ao longo do ano

 

 REAJUSTE PISO

REAJUSTE ACIMA DO PISO

2012

12,00%

7,00%

2013

13,00%

8,00%

2014

11,50%

7,00%

2015

10,50%

8,60%

2016

12,50%

9,83%

2017

5,50%

3,99%

2018

5,00%

2,00%

2019

5,50%

5,07%

2020

3,00%

2,45%

2021

9,00%

7,59%

Total     87,50%

61,53%

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Brusquenses são destaque em competição nacional de Beach Tennis

Os atletas de beach tennis da Sociedade Esportiva Bandeirante foram destaque no ITF New Generation - CBT, realizado de 11 a 13 de junho em Mogi das Cruzes. O torneio, válido para o ranking internacional e Brasileiro juvenil, reuniu competidores de todo Brasil nas categorias Sub 14, Sub 16 e Sub 18. Os representantes de Brusque são treinados por André Baran e Gustavo Bado, dentro da metodologia de ensino da Escola AB Beach Tennis. “Esse campeonato tinha um peso...
Continuar lendo...

Revisão do Plano diretor é tema de reunião na Prefeitura de Brusque

Foi realizada na manhã desta terça-feira (25) uma reunião no Salão Nobre da Prefeitura de Brusque sobre a revisão do Plano Diretor. O encontro foi viabilizado a pedido da Associação Comercial de Brusque (Acibr), que está à frente do Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico do Município (Pedem), e conduzido pelo diretor-presidente do Instituto Brusquense de Planejamento (IBPLAN) Leonardo Schmitz e pelo...
Continuar lendo...

Carreata da Nossa Senhora do Caravaggio

Na tarde deste sábado (29) por volta das 15h aconteceu a carreata tradicional da Nossa Senhora do Caravaggio, promovida pelo Santuário de Azambuja. A programação do evento foi mantida, mas seguindo as restrições recomendadas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica. O pároco do Santuário, padre José Henrique Gazaniga, destacou que o evento contou com coral, trio elétrico, e outra novidade foi a...
Continuar lendo...