"Lombadas, realmente, não vejo como sendo a solução"

Os redutores de velocidade ganharam destaque na sessão desta terça-feira (18) da Câmara Municipal de Brusque. Teve desde reclamação pelo excesso de lombadas ou travessias elevadas até a instalação de faixa de pedestre totalmente errada.

O vereador Cassiano Tavares (Podemos) fez um discurso crítico ao excesso de pedidos de redutores deste tipo pela cidade. Segundo ele, será que se essas solicitações forem todas atendidas não vai se criar outro problema, por contado excesso de carros existentes na cidade. Na visão dele, é necessário e buscar outras alternativa que não inviabilize o fluxo de veículos nas ruas pela quantidade de redutores como lombadas.

“É algo para refletirmos. Confesso que não tenho nenhuma solução. Ah, Cacá, não vamos colocar lombadas e vamos fazer o quê? Não sei se somos uma sociedade madura o suficiente para respeitar as leis, mas lombadas, realmente, não vejo como sendo a solução. Daqui a pouco vamos andar 200metros e teremos que parar para a lombada, andar mais 200 e parar para a lombada”, frisou.

O vereador Ivan Martins (DEM) o contrapôs. Na avaliação dele, a instalação desse tipo de redutor é uma necessidade, devido ao excesso de velocidade de muitos nas ruas.

“Claro que o bom seria não termos lombada nenhuma e nós, motoristas, obedecermos a legislação, usarmos o bom senso para preservar as vidas dos pedestres. Mas, infelizmente, do jeito que está hoje, não tem outra alternativa a não ser colocar essas travessias elevadas para dar uma segurada no trânsito. É preferível segurar um pouco do que perder vidas”, destacou.

A grande quantidade de pedidos para redutores de velocidade que chega às mãos dos vereadores é grande. Jean Dalmolin (Republicanos), por exemplo, disse que foram vários deles feitos para ele nestes primeiros meses do ano.

“Só eu, recebi uns 20 pedidos este ano”, frisou na tribuna em aparte.

O vereador Jean Pirola (Progressista) disse que existem dois problemas que são corriqueiros nessa situação. Um deles é quando o cidadão pede a colocação de asfalto em determinadas vias e, em seguida, cobra a instalação de redutores de velocidade.

“A população nos procura e diz ‘ah, vereador, como vamos colocar asfalto na nossa rua’. Botou o asfalto e a população vem: ‘vereador, os carros estão correndo e tem que botar lombada”, pontuou ele.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões