(VÍDEO) Cresce procura por bicicletas elétricas em Brusque

Vídeos

Cresce procura por bicicletas elétricas em Brusque

Economia, praticidade, facilidade de uso ou a falta de exigência de habilitação estão entre os fatores indicados por comerciantes para uma procura maior por veículos elétricos como as bicicletas em Brusque. Alguns modelos chegam a ter mais de 30 quilômetros de autonomia com uma carga a custo de centavos e que pode ser feita na tomada de casa.

Gilson Lang é comerciante do ramo e começou vendendo vespas, modelo bastante comum ainda na década de 1990. Com o tempo ele, passou a apostar nos veículos elétricos, atendendo, principalmente, ao público feminino.

Sejam as bicicletas com bateria de lítio, sejam os modelos com bateria de chumbo, mais pesadas, ou mesmo patinetes elétricos, hoje, ele observa um aumento na procura pelos itens por um público cada vez mais diverso.  A maior parte de quem procura os produtos da loja de Lang, no Centro 2, usa os veículos para ir para o trabalho.

De acordo com o comerciante, os baixos são os principais atrativos. “A manutenção é muito pequena. Se a pessoa não forçar demais, em morros, que ela tem um limite, praticamente vai andar uns quatro anos sem precisar trocar bateria, nem nada”, relata.

Alexandre Montibeler, o Ali, também é comerciante do ramo. Ele percebe uma mudança da percepção com relação às bicicletas elétricas. Segundo Ali, com a busca maio para uso diário ou lazer, a tendência é de uma redução dos custos dos produtos.

Ali destaca as facilidades geradas com as bicicletas elétricas no uso diário. “Está tendo um impulsionamento, uma mudança, no sentido do transporte ambientalmente correto e o uso da bicicleta para as pessoas se moverem sem que cheguem suadas, no trabalho, no escritório.”

Hoje, o preço inicial de uma bicicleta elétrica é próximo dos R$ 3 mil. Em alguns casos, o valor pode passar dos R$ 50 mil, dependendo da capacidade da bateria e tecnologia envolvida.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões