Por mais segurança, rua Victor Meirelles tem estacionamento restrito a um dos lados

A proibição do estacionamento em um dos lados da rua Victor Meireles, no bairro Santa Rita repercutiu na comunidade do entorno. Comerciantes e moradores ressaltam a necessidade de maior segurança no local, devido ao trânsito intenso e de velocidade, porém também ressaltam o impacto inicial da medida no movimento de clientes.

Segundo o coordenador de Trânsito e Mobilidade, Renato Bianchi, além da sinalização e testes ao longo do fim de semana anterior às mudanças, equipes do setor, fizeram orientações no local.

A ideia de mudar as regras de estacionamento no local, segundo ele, já vinham sendo analisadas pelo setor e não há previsão de reavaliar a decisão. “Não pretendemos mais tirar a sinalização. Ali é uma via de ligação. Já tínhamos problemas de circulação de veículos ali, mesmo tendo a ponte”, reforçou.

Eneias Ferreira atua em um salão de barbearia e corte de cabelo do lado da via que teve o estacionamento impedido. Segundo ele, por mais que a mudança exija adaptações, foi algo necessário. O motivo é a largura reduzida da via. De acordo com ele, acidentes no local eram comuns e mesmo clientes dele já tivera o retrovisor arrancado por outros veículos.

O comerciante Bertino Duarte mora e mantém seu ponto no bairro há mais de 40 anos. Ele não foi afetado diretamente pela mudança, mas reconhece a necessidade de adaptações. Na avaliação dele, apenas a mudança de estacionamento não é suficiente para dar mais segurança “

Entre os impactados pela mudança está o empresário Robson Soares, que mantém uma padaria na rua. A estimativa dele é que o número de clientes foi afetado pela proibição. Desde a implantação sofreu uma queda de cerca de 25% das vendas.

Mesmo com vagas próprias de, feitas no recuo da calçada, ele avalia que o número é insuficiente para os horários de maior movimento na rua. Com a mudança também é preciso uma atenção redobrada de clientes com a segurança na hora de atravessar a rua. Em alguns casos, principalmente para idosos ou pessoas com dificuldade motora, afirma, é preciso que um funcionário busque a pessoa do outro lado.

 

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões