Base veta pedido para prefeito ir à Câmara explicar sobre a ponte

Um Requerimento apresentado na sessão desta terça-feira (27) da Câmara Municipal de Brusque pela vereadora Marlina de Oliveira Schiessl (PT) causou extenso debate na tribuna. No documento, ela solicitava que os engenheiros responsáveis pela obra de execução da margem esquerda da Beira Rio e o prefeito Ari Vechi (MDB) fossem ao Legislativo dar explicações sobre a queda da cabeceira da Ponte Libério Benvenutti, popular ponte do Santos Dumont.

Na visão da vereadora, é importante que haja uma explicação sobre os motivos que levaram à queda da cabeceira e isso teria de ser feito pelo próprio prefeito.

A reação da base de apoio começou com o vereador Nick Ângelo Imhof (MDB). Ele disse que votaria a favor, desde que o prefeito não fosse alvo da chamada para ir à Câmara. Segundo o lider do governo na Câmara, cabe aos técnicos dar explicação e não o prefeito, que não conhece a respeito do assunto. Para ele, convidar Ari Vechi para ir a uma sessã faz do tema uma exploração política.

A fala de Nick foi reforçada por André Vechi (DC). Na tribuna, ele provocou a vereadora do PT ao pedir que dissesse quais engenheiros devem ser chamados, citando os responsáveis pela fiscalização e afirmando que a vereadora não leu o contrato.

O vereador Jean Daniel dos Santos Pirola (Progressista) sugeriu que a vereadora refizesse o documento, mas ao invés de convidar o prefeito e equipe para irem à Câmara que fosse realizada uma reunião em outra data e horário para tratar sobre o assunto.

O presidente da casa, Alessandro Simas (DEM) sugeriu que a vereadora retirasse o documento de tramitação para que a assessoria da casa fizesse o envio de um documento convidando prefeito para reunião.

Nem mesmo apelo feito pelo vereador Devis da Silva (MDB) para que o documento fosse alterado o convenceu a Marlina. Em aparte, ela disse que a reação dos vereadores da base estava deslegitimando a intenção de esclarecer os fatos.

O requerimento de Marina foi rejeitado por 10 votos contra e apenas dois a favor. Além dela, somente o vereador Cacá Tavares (Pode) votou favorável.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Brusque volta para nível Gravíssimo na Matriz de Risco

A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina divulgou na manhã deste sábado (1), os dados da Matriz de Risco Potencial em relação ao novo coronavírus. O novo mapa aponta que a região de Brusque voltou para o estado gravissimo. Além de Brusque, outras 14 regiões estao nesse estado, a unica que ficou que se mantev no grave foi a região da Grande Florianópolis. De acordo com o Governo de Santa  Catarina, isso...
Continuar lendo...

AmpeBr se reúne com representantes do Sebrae/SC e da Father

Diretores da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr) estiveram reunidos na terça-feira, 4 de maio, com representantes do Sebrae/SC e da empresa Father, parceira das edições anteriores da Rodada Internacional de Negócios. Na oportunidade foram feitas as definições do projeto desenvolvido em parceria que irá capacitar as empresas interessadas em realizar exportação neste...
Continuar lendo...

Prefeitura de Guabiruba abre processo seletivo para área da Saúde

A Secretaria de Saúde de Guabiruba abriu um edital de processo seletivo para preenchimento de quadro de funcionários e cadastro reserva. As vagas são para médico pediatra (20 horas), enfermeiro (40 horas), atendente de farmácia (40 horas), técnico em enfermagem (40 horas) e agente de combate à endemias (40 horas). O salário é de R$7.718,97 para pediatra com nível superior, R$4.385,64 para enfermeiro com nível...
Continuar lendo...