(VÍDEO) Aumento nos preços de insumos afetam o setor da construção civil

Vídeos

Aumento nos preços de insumos afetam o setor da construção civil

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário de Brusque e região (Sinduscon), Fernando de Oliveira, participou da programação da Rádio Cidade na manhã de terça-feira (06) e trouxe alguns pontos em relação a construção civil.

Conforme Fernando os valores dos insumos têm preocupado o setor. “Acredito que o aço e o cobre tiveram o maior aumento, o cobre desde o ano passado cerca de 144%. Até agora o mercado da construção civil conseguiu se manter e gerar empregos, mas não podemos ter uma garantia que isso vai continuar, principalmente no que se refere a entrega  de matéria-prima que tem atrasado e com isso as empreiteiras e as construtoras precisam diminuir o ritmo, ou até parar as obras”, explicou.

“É um absurdo no Brasil faltar insumos para uma obra. Por despreparo da nossa indústria, que não tem condições de atender esse mercado. Acredito que lá no começo da pandemia as usinas não acreditaram que o setor pudesse crescer, a falta de abastecimento é por despreparo na produção”, completou ele.

Questionado em relação a migração dos construtores para o litoral, Fernando acredita que muitos de fora também investem em Brusque. “Assim como os nossos construtores saem para construir no litoral, vem construtores do norte, do oeste, investir em Brusque. A diferença do mercado do litoral, é que se você construir em Brusque será para pessoas que pretendem morar aqui, ou moram, já o litoral você vende para o mundo inteiro, por exemplo, tem gente de Miami, que compra apartamento em Balneário para passar a temporada. Não tem como mensurar o tamanho desse mercado do litoral catarinense”.

Empregos

Quanto a geração de empregos durante a pandemia o presidente diz que o setor seguiu empregando. “Desde que começou a pandemia até hoje não desempregou, o setor vem crescendo, gerando emprego. Com a união e com um plano bem elaborado conseguimos mostrar que o setor era seguro”, afirmou Fernando.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões