Serviço de taxista está desaparecendo em Brusque

Vídeos

Quantos Taxistas tem em Brusque?

Dos 47 taxistas cadastrados e com permissão na cidade de Brusque para explorar o serviço, apenas 15 estão em atividade. A tendência é de que esse número fique ainda menor. É o que afirma o Sindicato dos Taxistas Autônomos de Brusque.

O presidente da entidade, Modesto Luiz Bertoldi, afirma que a concorrência com os transportes por aplicativo e o elevado custo de manutenção dos táxis está levando a isso. Em média, um permissionário do serviço desembolsa mais de R$ 700 por ano entre taxas e outros documentos que precisam ser pagos ao poder público (Prefeitura).

“Desses 15 que estão na praça, tenho certeza de que quatro vão devolver, tem taxista que vai só uma vez por semana e outro que fica o dia todo e não faz uma corrida”, destacou ele durante entrevista ao programa Rádio Revista Cidade, da Rádio Cidade, desta segunda-feira.

Em agosto do ano passado, a Câmara Municipal aprovou a nova lei dos taxistas. Ela trata da renovação da autorização para que o serviço seja explorado na cidade. Isso também desmotivou os taxistas, segundo Bertoldi. Entre as regras impostas estão a obrigatoriedade de os taxistas permanecerem à disposição nos pontos, prazo para renovação da frota e a quantidade de taxas a serem pagas. As autorizações são feitas pela Diretoria de Trânsito.

Proibição pelo STF

No mês passado, março, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou ação da procuradoria Geral da República (PGR) que pedia a inconstitucionalidade de um dispositivo na Lei de Mobilidade Urbana (12.587/2012), que permitia que, no caso de falecimento do titular da permissão, seus sucessores sanguíneos (filhos ou parentes de primeiro grau) pudessem assumir.

Segundo Bertoldi, em Brusque isso não muda nada, justamente por conta do baixo interesse no serviço de taxista. Apesar disso, na visão ele isso vai de encontro ao que decidiu o próprio STF em 2015, através do ministro Gilmar Mendes. Ele afirmara, na época, em decisão, que o serviço de táxi não era mais de concessão pública e sim de utilidade pública. Com isso, seria possível, sim, repassar a terceiros.

"Agora é uma autorização. Vale para dez anos", pontua ele.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Brusque registra 70 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

O novo boletim epidemiológico da Prefeitura de Brusque, nesta quarta-feira (7), aponta que Brusque totaliza 20.545 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia, em março do ano passado. Nas últimas 24 horas, foram registradas 70 novas ocorrências da doença. Do total, 19.884 pessoas já estão recuperadas. Há 460 casos ativos e 17 em investigação. A cidade tem, no momento, 21 pacientes internados na Unidade...
Continuar lendo...

A bordo de uma Ferrari, motorista é assaltado

A Polícia Militar de Balneário Camboriu foi acionada para atender a uma ocorrência no centro na cidade. No local, os policiais verificaram que o motorista de uma Ferrari havia sido assalto por dois homens em uma moto. O fato aconteceu por volta das 10 da manhã de sexta-feira (9), quando o motorista estava estacionado em uma rua na região central. Ele olhou para o lado e viu uma moto parada. Em posse de uma arma de fogo, os dois obrigaram ele a entregar o...
Continuar lendo...

Ministério do Meio Ambiente oferece cursos gratuitos com certificado com foco em turismo

Se você gosta da área de turismo, então o Conselho do Meio Ambiente de Nova Trento tem uma boa notícia para você: o Ministério do Meio Ambiente (MMA) está com inscrições abertas para três cursos gratuitos e com direito a certificado. O presidente do conselho, o engenheiro Mateus Davino Ferreira, informa que há três cursos disponíveis: de "Trilhas Interpretativas: a trilha ecológica como...
Continuar lendo...