(VÍDEO) Parto no banheiro: “A Vitória veio como um presente”

Vídeos

Parto no banheiro: “A Vitória veio como um presente”

Desde quando o teste de gravidez da positivo, as mamães e os papais, vivem momentos mágicos. São longas semanas até ter em seus braços o ser que muda vidas, que desperta o amor mais puro. Com o passar do tempo, o nascimento, começa a ser planejado. Mas as vezes eles surpreendem. A mamãe, Ana Carla de Oliveira Lopes, 26 anos, moradora do bairro Volta Grande, em Brusque que o diga.

A Vitória Valentina Oliveira Bressan antecipou o nascimento e veio ao mundo em casa mesmo, no banheiro. A reportagem da Rádio Cidade conversou com Ana e ela lembrou o dia 24 de março. “A Vitória veio como um presente, fizemos todo o acompanhamento na gravidez. Na terça, eu tive uma consulta e estava tudo certo para a vinda dela. Eu senti algumas contrações, mas achei normal, umas dores normais porque a experiência que eu tive com o meu filho Miguel, foram de 15 horas de trabalho de parto”, explicou Ana.

No dia 24 ela estava de 38 semanas e seis dias. Após a consulta passou na sua mãe, até comentou sobre as sensações que estava tendo. Em casa, na madrugada, por volta das 1h28 começou mais dores. “Meu marido acordou, o Márcio, e disse vamos para o hospital e eu fui tomar um banho. Ali seguiu as dores, e com a água eu não percebi se a bolsa tinha estourado. Meu filho de três anos estava na porta do banheiro e eu disse chama o papai que a pequena vai nascer. O Márcio nisso estava tentando ligar para os bombeiros. E aí eu senti uma pressão e ela veio, o instinto foi colocar a mão, e ir segurando, dai ela nasceu e eu fique com ela no peito”, contou.

Ana ficou um tempo no banheiro e depois se encaminhou para o hospital. “Perdi muito sangue, fiquei sentada com ela no colo, minha vizinha veio, pedi uma toalha para enrolar ela. Segurei a placenta até chegar no Azambuja e o cordão umbilical foi cortado no hospital. E deu tudo certo, ela está bem, saudável, mas foi um susto”.

O nome Vitória Valetina tinha um significado forte antes mesmo do nascimento. “Escolhemos o nome antes, Vitória, por ser uma vitória e Valentina por ser valente e no fim deu certo. Ela foi guerreira e veio ao mundo assim, felizmente está tudo bem”, completou Ana.

Vitória nasceu com 3,630 kg, 50 cm e é filha do Márcio Bressan e da Ana e é maninha do Miguel Messias.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões