(VÍDEO) Parto no banheiro: “A Vitória veio como um presente”

Vídeos

Parto no banheiro: “A Vitória veio como um presente”

Desde quando o teste de gravidez da positivo, as mamães e os papais, vivem momentos mágicos. São longas semanas até ter em seus braços o ser que muda vidas, que desperta o amor mais puro. Com o passar do tempo, o nascimento, começa a ser planejado. Mas as vezes eles surpreendem. A mamãe, Ana Carla de Oliveira Lopes, 26 anos, moradora do bairro Volta Grande, em Brusque que o diga.

A Vitória Valentina Oliveira Bressan antecipou o nascimento e veio ao mundo em casa mesmo, no banheiro. A reportagem da Rádio Cidade conversou com Ana e ela lembrou o dia 24 de março. “A Vitória veio como um presente, fizemos todo o acompanhamento na gravidez. Na terça, eu tive uma consulta e estava tudo certo para a vinda dela. Eu senti algumas contrações, mas achei normal, umas dores normais porque a experiência que eu tive com o meu filho Miguel, foram de 15 horas de trabalho de parto”, explicou Ana.

No dia 24 ela estava de 38 semanas e seis dias. Após a consulta passou na sua mãe, até comentou sobre as sensações que estava tendo. Em casa, na madrugada, por volta das 1h28 começou mais dores. “Meu marido acordou, o Márcio, e disse vamos para o hospital e eu fui tomar um banho. Ali seguiu as dores, e com a água eu não percebi se a bolsa tinha estourado. Meu filho de três anos estava na porta do banheiro e eu disse chama o papai que a pequena vai nascer. O Márcio nisso estava tentando ligar para os bombeiros. E aí eu senti uma pressão e ela veio, o instinto foi colocar a mão, e ir segurando, dai ela nasceu e eu fique com ela no peito”, contou.

Ana ficou um tempo no banheiro e depois se encaminhou para o hospital. “Perdi muito sangue, fiquei sentada com ela no colo, minha vizinha veio, pedi uma toalha para enrolar ela. Segurei a placenta até chegar no Azambuja e o cordão umbilical foi cortado no hospital. E deu tudo certo, ela está bem, saudável, mas foi um susto”.

O nome Vitória Valetina tinha um significado forte antes mesmo do nascimento. “Escolhemos o nome antes, Vitória, por ser uma vitória e Valentina por ser valente e no fim deu certo. Ela foi guerreira e veio ao mundo assim, felizmente está tudo bem”, completou Ana.

Vitória nasceu com 3,630 kg, 50 cm e é filha do Márcio Bressan e da Ana e é maninha do Miguel Messias.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Nas últimas 24h são registrados 67 novos casos

O novo boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde no fim da tarde de segunda-feira (17 indica que a cidade de Brusque soma 23.262 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas, foram notificadas 67 novas ocorrências da doença no município. Do total de infectados, 22.315 pacientes estão recuperados. Há 707 casos ativos e 07 em investigação. Atualmente,...
Continuar lendo...

Aumentam as apreensões nas rodovias de SC

Fazendo um comparativo com o primeiro trimestre de 2020, a Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina (PMRv) teve um aumento expressivo na apreensão de armas de fogo, drogas e mercadorias descaminhadas ou contrabandeadas no Estado neste ano de 2021. No ano passado, foram apreendidas quatro armas de fogo nos três primeiros meses do ano. Agora, em 2021, houve um aumento de 575%. Até na quarta-feira (31) a PMRv já apreendeu 27 armas de fogo em Santa...
Continuar lendo...

Acidente envolve três veículos no bairro Steffen

Uma colisão entre dois carros e uma moto movimentou as guarnições da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) na manhã deste sábado (1), na SC-108, rodovia Ivo Silveira, bairro Steffen, em Brusque, km 120. De acordo com a PMRv chegando ao local foi constatado que se tratava de uma colisão traseira com danos materiais, envolvendo um Fiat/Siena, um Ford/Focus e uma moto Honda/Biz, todos com placas de Brusque. O motorista do Siena, uma mulher...
Continuar lendo...