Suspensa cirurgias de média e alta complexidade em hospitais privados

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) publicou uma portaria nesta segunda-feira, 22, determinando a suspensão de todos os procedimentos cirúrgicos eletivos de média e alta complexidade realizados nas clínicas e hospitais privados em todo o território catarinense.

A portaria 328, assinada pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, e publicada no Diário Oficial do Estado suspende os procedimentos até o dia 31 de março de 2021. Em hospitais públicos e administrados por Organizações Sociais eles já haviam sido suspensos anteriormente.

A medida é uma forma de possibilitar maior oferta de leitos para o combate à pandemia de Covid 19 diante do cenário de transmissão acelerada da doença e do aumento do número de confirmados e internações hospitalares. Além das dificuldades informadas pelos fornecedores em cumprir com os quantitativos e prazos de entrega de medicamentos como sedativos, anestésicos intravenosos e bloqueadores neuromusculares aos serviços de saúde

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, a suspensão se refere a todos os procedimentos cirúrgicos realizados sob anestesia geral ou que demandem uso de sedativos e anestésicos intravenosos no transoperatório ou que impliquem em reserva de leito de UTI. A realização de procedimentos cirúrgicos de urgência ou “tempo sensíveis” permanecem autorizados.

Dúvidas ou Sugestões

Brusque confirma 78 novos casos de Covid-19

O novo boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde no fim da tarde desta segunda-feira (26) indica que a cidade de Brusque soma 21.5119 os casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia do novo coronavírus em Brusque. Nas últimas 24 horas, foram notificadas 78 novas ocorrências da doença no município. Deste total, 20.894 pessoas estão recuperadas. Há 404 casos ativos e 03 em...
Continuar lendo...

STJD devolve os três pontos para o Brusque

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) devolveu ao Brusque Futebol Clube os três pontos na classificação pelo Campeonato Brasileiro da Série B. O julgamento foi realizado hoje, quinta-feira (18) por conta da acusação e racismo contra o jogador Celsinho, do Londrina, em agosto deste ano. Os membros do STJD decidiram por 6 votos a favor e 2 contra para devolução dos pontos do Brusque, Eles abordaram desde casos...
Continuar lendo...

Integrantes do PGC, acusados por assassinato na UPA de Brusque, irão a júri

O juiz Edemar Leopoldo Schlösser, da Vara Criminal da Comarca de Brusque, decidiu levar  cinco homens acusados por um assassinato ocorrido dentro da Unidade Prisional Avançada (UPA). Todos são indicados como integrantes do Primeiro Grupo Catarinense (PGC), vinculado à facção Comando Vermelho. O crime ocorreu em agosto de 2019, contra um dos internos, não integrante da facção, que tentou delatar uma fuga do grupo. Na época,...
Continuar lendo...