Membros de facção criminosa são condenados a penas que ultrapassam 150 anos

A 3ª Vara Criminal da Comarca de Blumenau concluiu na sexta-feira (05) o julgamento da Operação "Sequentia", deflagrada pela Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Blumenau, e que visava combater o crime organizado e o tráfico de drogas em Blumenau e região do Vale do Itajaí. 

Doze réus foram condenados por envolvimento em crimes graves como participação em facção criminosa, tráfico de drogas e associação para o tráfico. As penas impostas variaram entre 11 anos até 15 anos de reclusão em regime inicialmente fechado. Somadas, as condenações ultrapassam 150 anos.

A operação contou com diligências complexas, entre elas interceptações telefônicas e expedição de mandados de busca e apreensão, além de instrução judicial com oitiva de várias testemunhas. A instrução do processo foi conduzida pelo juiz Sandro Pierri e a sentença condenatória foi do juiz Eduardo Passold Reis, atual titular da 3ª Vara Criminal. 

"Traficantes associados, que mantinham ponto de tráfico organizado e que eram membros de organização criminosa que tem por fim subverter a ordem instituída e o Estado de Direito, os condenados demonstram condutas graves, hediondas e absolutamente nefastas à sociedade. A ordem pública é frontalmente atacada com crimes desta magnitude e para sua promoção é essencial ação rápida e enérgica dos poderes instituídos oficialmente", afirmou o magistrado sentenciante. Da decisão cabe recurso ao Tribunal de Justiça. O caso tramita em segredo de justiça.

(Fonte: Assessoria de Imprensa do Tribunal de Justiça de SC)

Dúvidas ou Sugestões