Hospital Azambuja alerta para crescimento diário da demanda e o risco de desassistência

O Hospital Azambuja na sexta-feira (05) emitiu uma nota sobre a situação crítica do Coronavírus. Conforme a informação assinada pelo diretor-administrativo, Nélio Roberto Schwanke, pelo gestor hospitalar Gilberto Bastiani e o diretor técnico Eugênio José Paiva Maciel, fica o alerta a toda população, de que os próximos dias serão de extremo risco e a probabilidade de desassistência é real e iminente.

O comunicado ainda afirma que chegamos ao momento mais crítico da pandemia. O Hospital Azambuja esclarece que desde o mês de março de 2020, quando foi anunciada a pandemia do novo coronavírus, acionou protocolos de contingência extremos, que foram aplicados e aprimorados nesses últimos meses.

Conforme nota foi instalado uma área de internação totalmente isolada para pacientes Covid-19, com 70 leitos, e que o hospital tem hoje uma das melhores estruturas físicas e suporte de equipamentos em Santa Catarina para tratamento de pacientes com Covid-19 e outras doenças. Entretanto, a demanda por atendimento médico e por internação não para de crescer, o que coloca em risco a assistência integral a todos que necessitam de atendimento.

Confira o comunicado na integra:

Chegamos ao momento mais crítico da pandemia da Covid-19 em Santa Catarina. Diante disso, o Hospital Azambuja esclarece que desde o mês de março de 2020, quando foi anunciada a pandemia do novo coronavírus, acionou protocolos de contingência extremos, que foram aplicados e aprimorados nesses últimos meses. Instalamos uma área de internação totalmente isolada para pacientes Covid-19, com 70 leitos, redimensionando suprimentos, equipamentos e equipes para os atendimentos. Investimos e também recebemos através de doações de campanhas e do Governo do Estado, 42 respiradores e 69 monitores multiparâmetros.

Atuamos fortemente, com o auxílio das forças empresariais e poderes públicos de Brusque e região, para instalação de 22 leitos de Unidade de Terapia Intensiva para Covid-19. O que tornou-se realidade a partir de agosto de 2020. Temos hoje uma das melhores estruturas físicas e suporte de equipamentos em Santa Catarina para tratamento de pacientes com Covid-19 e outras doenças. Entretanto, a demanda por atendimento médico e por internação não para de crescer, o que coloca em risco a assistência integral a todos que necessitam de atendimento. Alertamos toda população, de que os próximos dias serão de extremo risco e a probabilidade de desassistência é real e iminente.

Estamos no meio de uma verdadeira batalha contra esse vírus, que não cansa, não escolhe raça, cor ou credo, que é invisível aos olhos, que ceifa vidas e que pode deixar sequelas em muitas outras.

Pe. Nélio Roberto Schwanke, Diretor-administrativo; Gilberto Bastiani, Gestor Hospitalar; Dr. Eugênio José Paiva Maciel, Diretor Técnico

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões