Secretaria de Infraestrutura Estratégica registra novos danos na cabeceira da ponte dos bombeiros

A prefeitura voltou a registrar intercorrencias na região da cabeceira da ponte Mário Olinger entre os bairros Santa Rita e Centro. O elevado volume de chuva em apenas uma hora, dificultou o escoamento das águas pela tubulação pluvial, que já se encontrava obstruída desde a semana passada. Como efeito cascata, algumas ruas do centro sofreram alagamentos. 

O consórcio responsável pelas obras da margem esquerda da Beira Rio, já estava atuando no local, para abrir a tubulação desde a semana passada. Porém, com nova ocorrência foi necessário abrir a avenida, para a água pudesse sair das galerias.

Segundo Andrea Volkmann, secretária de Infraestrutura Estratégica “nesta quarta-feira, estávamos fazendo a desobstrução, quando veio a tempestade. O volume de água foi superior que o habitual e empossou no ponto da execução dos serviços. E volume da chuva, fez uma força em cima do muro de concreto, que apenas reveste as hélices contínuas que foram implantadas quando da construção do novo trecho da ponte dos bombeiros”, comenta. Vale frisar que não houve danos estruturais na ponte.

A partir de agora, o foco é reconstruir a galeria pluvial para depois refazer o revestimento e liberar o trânsito. A prefeitura de Brusque ainda não consegue precisar quando o trecho será aberto para a circulação de veículos.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões