Chuva acima da média causa transtornos no abastecimento de água em Brusque

O volume de chuva acima da média que caiu em Brusque e região nas últimas horas trouxe diversos transtornos ao fornecimento de água tratada em algumas localidades de Brusque. 

Para conter a situação, desde as primeiras horas da manhã deste domingo, 28 de fevereiro, servidores do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) encontram-se mobilizados em consertos emergenciais em várias partes da cidade.

De acordo com a área técnica da autarquia, um dos principais problemas ocorreu na região de Ribeirão Tavares, bairro Limeira. Na localidade, ocorreu um rompimento de tubulação de tamanho considerável. 

Os reparos já estão ocorrendo e o abastecimento deve ser retomado nas próximas horas no local e adjacências.

O alto nível de turbidez da água também vem prejudicando o processo de tratamento de água nas estações de menor porte existentes em Brusque. A previsão é de que a situação melhore gradativamente nas próximas horas.

Situação nas estações de tratamento

Alguns sistemas de tratamento localizados em áreas mais distantes do Centro encontram-se operando com capacidade reduzida. Outros, encontram-se parados. Nestes locais, o Samae mantém caminhões pipa de prontidão para resguardar o fornecimento de água à população.

Situação estação por estação

Limeira: operando com vazão reduzida;
Zantão: operando com vazão reduzida;
Santa Luzia: sistema oscilando de acordo com a alta turbidez da água bruta;
Ribeirão do Mafra: operando;
Dom Joaquim: estação parada. Caminhão pipa segue abastecendo constantemente a região. A previsão de retorno é para o período da noite;
Volta Grande: estação parada. As operações retomam ainda no período da tarde. No momento, servidores realizam limpeza da areia existente no filtro.

Com a retomada total do abastecimento, é possível que haja ocorrências de água turva saindo das torneiras dos brusquenses de maneira temporária.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões