INSS inicia força-tarefa para reduzir fila para benefício assistencial

Um total de 1.383 servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) trabalham até 22 de março para desafogar a fila de pedidos para o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O órgão iniciou, no último dia 12, uma força-tarefa para acelerar as avaliações sociais, que analisam se o cidadão se enquadra nos critérios para receber o benefício assistencial.

Pago a idosos a partir de 65 anos, pessoas com deficiência e trabalhadores portuários avulsos, o BPC equivale a um salário mínimo e tem como objetivo reduzir a pobreza na população de menor renda. Para ter direito ao benefício, é necessário comprovar que a renda per capita (por pessoa) na família seja menor que um quarto do salário mínimo, atualmente R$ 275 mensais por membro da família.

A força-tarefa envolverá servidores de todas as regionais do país e terá foco na análise das condições sociais do segurado. Segundo o INSS, após o fim da ação emergencial, parte dos servidores permanecerá com dedicação exclusiva à análise de processos de benefícios assistenciais. Será dada preferência aos servidores com melhores desempenhos durante a

Força-tarefa

Em dezembro de 2020, informou a Secretaria de Previdência do Ministério da Economia, o estoque de benefícios assistenciais em análise ou em exigência totalizou 534.848. Desse total, 442.483 foram pedidos por pessoas com deficiência, 89.088 por idosos, 2.612 por trabalhadores portuários avulsos e 665 por mães de crianças com microcefalia.

Segundo o INSS, a maior parte das exigências para a liberação do BPC está relacionada ao Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O órgão recomenda que os segurados atualizem as informações para acelerar as análises.

O INSS conseguiu fechar um acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF) para acesso em tempo real ao CadÚnico, o que deve acelerar a solução de problemas de divergências cadastrais. Nos últimos meses, o órgão automatizou a análise do BPC para pessoas idosas. Segurados podem enviar os documentos e comprovar as exigências por meio do aplicativo Meu INSS. Os documentos podem ser entregues por meio de cópias simples, sem a necessidade de comparecimento a uma agência com o documento original.

Dúvidas ou Sugestões

PC auxilia em resgate a homem atingido por pedra gigante

A equipe do Helicóptero da Polícia Civil SAER Sul e Sara atuou no atendimento de um agricultor atingido com o seu trator pelo desmoronamento de uma pedra gigante, em Braço do Norte, Sul do Estado. Foi na tarde de terça-feira (09), com o Corpo de Bombeiros Militar de SC. O paciente apresentava sinais de choque hipovolêmico grave (perda de sangue pelas fraturas em perna e braço), já que só foi encontrado pela família seis horas...
Continuar lendo...

Morre um dos sócio-fundadores da rede Carol

A rede de supermercados e auto postos Carol emitiu nota na noite de quarta-feira (17) comunicando o falecimento de um de seus sócios fundadores. Vilson Becker, 68 anos, morreu às 19h45min de quarta-feira (16).   O grupo reiterou sua solidariedade à família e declarou o extremo respeito à sua memória, bem como o agradeceu a ele pela sua imensa contribuição para a empresa.  O velório está...
Continuar lendo...

Ministro do STF libera cerimônias religiosas presenciais na Páscoa

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Nunes Marques ordenou hoje (3) que os estados, o Distrito Federal e os municípios permitam a realização de celebrações religiosas presenciais, ainda que com, no máximo, 25% da capacidade. A porcentagem foi inspirada em julgamento de caso similar pela Suprema Corte dos Estados Unidos. A decisão ocorre na véspera do domingo de Páscoa, uma das principais datas do calendário...
Continuar lendo...