Deputado leva pedaço de asfalto para a Alesc e aponta abandono das rodovias de SC

A proposta do governador do Estado, Carlos Moisés, de injetar dinheiro estadual, da ordem de R$ 200  milhões, para  acelerar a duplicação da BR-470 , uma rodovia federal no Vale do Itajaí , além da recuperação da BR- 163, no Oeste, continua rendendo debates na Assembleia Legislativa.

O deputado Ivan Naatz, líder da oposição e da bancada do PL, voltou a criticar a iniciativa e disse que ninguém duvida da importância destas rodovias para a economia regional, mas que  o governo estadual  “deveria se preocupar primeiro em fazer o dever de casa”, ou seja, destinar recursos para a recuperação de pistas de rodovias estaduais que estão em precário estado de conservação , citando diversos exemplos regionais  como o caso da rodovia Ivo Silveira, a SC-108,  entre Gaspar e Brusque; SC-416, entre Jaraguá  do Sul e Pomerode , além do caso da SC- 425, que dá acesso ao município de Mirim Doce, no Alto Vale do Itajaí.

No caso da SC- 425, o deputado chegou a levar e mostrar em plenário um pedaço do asfalto deteriorado. “Esse é o retrato do abandono da maioria das estradas catarinenses “, observou Naatz, acrescentando ainda que esse trecho da rodovia , já está há mais de oito anos em situação precária, sem nenhum plano de recuperação previsto e prejudicando a circulação de pessoas e da economia regional.

Aeroporto de Navegantes 

O deputado Ivan Naatz sugeriu ainda que se o governador Moisés quiser “fazer uma boa ação “ para Santa Catarina e  região do Vale do Itajai com dinheiro estadual em cima de uma estrutura federal , que preveja alocação de recursos para auxiliar no custo das desapropriações da área do entorno o aeroporto internacional de Navegantes para permitir a construção da segunda pista de pouso e decolagens , incluindo cargas comerciais. 

Naatz observou que o edital de concessão do governo federal em relação ao terminal aeroportuário de Navegantes, considerado pela classe empresarial como o mais importante aeroporto de turismo, logística e negócios de Santa Catarina , não prevê essas  desapropriações de terras  que foram retiradas do documento e que, no entendimento de toda a classe empresarial regional , podem inviabilizar o crescimento do terminal para o futuro.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

(VÍDEO) Calçada escorregadia causa queda de pessoas e indigna moradores

Moradores da Rua José Cunha, no bairro Nova Brasília, em Brusque, tem sido vitimas de queda por conta de um trecho escorregadio da via. Segundo eles, um vazamento de água existe no local há alguns dias e tem feito diversos pedestres vítimas. Imagens de uma câmera de monitoramento em uma das residências vem flagrando os acidentes. A assessoria de comunicação do Samae foi contatada pela Rádio Cidade. Segundo...
Continuar lendo...

Brusque registra 133ª morte relacionada ao Coronavírus

A Vigilância em Saúde informa um novo óbito relacionado ao Coronavírus, na cidade de Brusque (SC). O 133º óbito trata-se de uma mulher, 53 anos, moradora do bairro Águas Claras. Os primeiros sintomas foram no dia 11 de Fevereiro. No dia 19 de fevereiro ela foi internada e no dia 20 de fevereiro foi transferida para UTI, vindo a óbito nesta sexta-feira (26). A paciente não tinha histórico de comorbidades e foi atendida pela...
Continuar lendo...

Partida entre Joinville e Marcílio Dias é adiada após surto de covid-19 no JEC

O jogo entre Joinville e Marcílio Dias, programado para este domingo (28/02), às 19 horas, na Arena, pela segunda rodada do Campeonato Catarinense da Série A 2021, foi adiado. O Joinville não possui o número mínimo de atletas conforme o Artigo 25 do regulamento da competição. Isto teria sido causado por um surto de Covid-19. O JEC alega ter realizado exames nesta manhã e detectado 22 atletas contaminados. Nos próximos dias...
Continuar lendo...