Diretoria do Caça e Tiro Araújo Brusque se reúne com Ari Vequi para tratar dos 155 anos da entidade

Resgatar a história e a tradição do mais antigo Clube de Caça e Tiro em funcionamento no Brasil e uma das primeiras entidades civis da cidade. Este foi o tema do encontro entre o prefeito Ari Vequi e o presidente recém-empossado para o biênio 2021/2023, Rogério Barbosa Nóbrega. 

Durante a audiência no gabinete foram apresentadas algumas propostas como a reedição histórica da primeira Fenarreco que foi sediada no clube. Outra sugestão da diretoria é a realização de um desfile comemorativo uma vez que Brusque completa 161 anos em 2021 e o Caça e Tiro os 155 no dia 14 de julho, em datas muito próximas.

“Esse encontro foi importante para estreitar os laços entre a administração e uma das entidades mais longínquas de nossa cidade. Por conta da pandemia não podemos fazer um planejamento a médio prazo, mas vamos colocar todos os setores envolvidos, como a Fundação Cultural e a Diretoria de Turismo, para que em breve, possamos comemorar essa data tão importante em nossa história”, frisa o prefeito Ari Vequi. 

O novo presidente lembrou que o Clube foi fundado na época do Brasil imperial, durante a guerra do Paraguai e fez parte de grandes momentos da história da cidade. “Este ano, temos ciência que a pandemia possa impedir a realização de grandes eventos. Sendo possível, vamos organizar algumas ações, mas caso não tenhamos sucesso, queremos ter a parceria do poder público municipal envolver a entidade com a cultura e o turismo de Brusque”, comenta Rogério Nóbrega. 

Participaram do encontro o vice-presidente Ricardo José Scharf e o tesoureiro Edson Roberto Carvalho.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões