Assaltante de banco foragido da Bahia é preso em SC

A Polícia Civil de Santa Catarina prendeu em São João Batista um homem de 34 anos, natural de São Paulo, foragido desde 2015 do Estado da Bahia. A prisão ocorreu na segunda-feira (08).

O preso é suspeito de liderar uma quadrilha que aterrorizou a região Oeste da Bahia entre 2012 e 2013, cometendo vários assaltos a bancos na modalidade conhecida como “Novo Cangaço”, onde vários criminosos atacam normalmente pequenas cidades, coagindo as forças policiais e moradores enquanto roubam um ou mais agências bancárias.

Depois de se esconder em São Paulo, há três anos estava vivendo na cidade catarinense, onde foi preso pela equipe da Delegacia de Roubos e Antissequestro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), que agora continuará apurando se ele tem envolvimento em algum crime em Santa Catarina.

Condenações

O homem preso ainda tem mais de 30 anos de prisão para cumprir por diversos crimes, além dos roubos a bancos, por homicídios e tráfico de drogas. Ele será encaminhado ao sistema prisional da Bahia para continuar cumprindo a pena.

Fonte: PCSC

Dúvidas ou Sugestões

Operação conjunta apreende drogas em Brusque e Nova Trento

Cerca de duzentas gramas de cocaína, avaliadas em cerca de R$ 10 mil, foram apreendidas em uma operação conjunta de diferentes divisões da Polícia Civil e Militar da região, na manhã desta quarta-feira (23). Ao todo, três mandados de busca e apreensão foram cumpridos: um no bairro Tomas Coelho, em Brusque, e dois em Nova Trento. Participaram da operação policiais civis da Divisão de Investigação...
Continuar lendo...

(VÍDEO) Falta manutenção, sobram mato e indignação

Caminhar por boa parte da Rua Guilherme Kreidlow, transversal da Santa Cruz, no bairro Águas Claras, tem sido não apenas um problema, mas uma aventura. O mato toma conta de grande parte da via, dificultando a vida dos pedestres. Maikon Sabino (41) que o diga. Morador do local há oito meses, ele já perdeu as contas de quantas vezes procurou a Prefeitura para tratar do assunto. “É complicado o trânsito de pedestres aqui, porque não tem...
Continuar lendo...

Rapaz que atropelou e matou Milena vai a júri popular

O rapaz que atropelou e matou a menina Milena Ketlin Ristow (9) vai a júri popular pelo crime. A data ainda não foi marcada. A decisão consta em denúncia aceita pela justiça, a partir de pedido feito pelo Ministério Público. Na decisão, um documento de 15 páginas, o juiz Edemar Leopoldo Schlösser coloca que há provas o suficiente para acusar o jovem, de 24 anos, pelos crimes de homicídio, com impossibilidade de...
Continuar lendo...