Causa animal: Deputado critica ação da prefeitura de Brusque


O deputado Marcius Machado (PL-SC), usou as redes sociais nesta quarta-feira (03), para repudiar uma ação da prefeitura de Brusque. O parlamentar tomou conhecimento através de reportagem da Rádio Cidade, que um evento de castração animal que aconteceria nos dias 31/01 e 01/02 no Pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, o Pavilhão da Fenarreco, foi cancelado.

“Registro meu repúdio contra a atitude da Prefeitura de Brusque, que no fim de semana interrompeu uma ação de castração de cães e gatos. Se o Poder Público não faz a sua parte, por favor, não atrapalhem quem faz e luta pelos 4 patas", postou o Deputado. 

Realizada por uma equipe veterinária de Florianópolis, a Castração Social, o " Castrabus" como é chamado, iria fazer em dois dias as cirurgias a um preço reduzido em comparação com o que é praticado nas clinicas. Mas os organizadores foram informados de que não poderiam mais executar a segunda etapa, mesmo esta já tendo sido autorizada pela Prefeitura. O que nos disseram é que foi por causa de uma pressão dos profissionais locais, a classe veterinária”, disse a médica veterinária Kátia Chubaci, responsável pelo grupo. 

Castrabus é uma unidade móvel de cirurgias de castração. Comandado pela doutora Katia Chubaci e equipe, o ônibus adaptado realiza ações itinerantes nas cidades de Santa Catarina, atendendo às ONGs de proteção animal e protetores independentes.
Todos os equipamentos previstos pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária estão a bordo do ônibus para eventuais emergências. As castrações são feitas com todo material esterilizado e com kits cirúrgicos individuais para cada animal.

O diretor de Turismo da Prefeitura, Ivan Jasper, foi procurado pela reportagem no final de semana, e segundo ele houve algum desencontro de informação, pois o que a Prefeitura definiu é de que iria avaliar o resultado da ação de castração para autorizar uma nova etapa.  

 

Dúvidas ou Sugestões