Secretaria pretende substituir cesta básica por cartão alimentação em Brusque

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Brusque deve implementar um sistema de cartão alimentação, substituindo as cestas básicas. A informação foi revelada hoje (2) pelo responsável pela pasta, Jocimar dos Santos de Lima em entrevista à Rádio Cidade.

Jocimar disse que conta com autonomia para comandar a secretaria e que seu principal objetivo é dar dignidade às famílias e pessoas. Ele explicou os motivos porque as cestas básicas serão substituídas por cartões de vale refeição em breve. “Às vezes víamos senhoras carregar cestas pesadas e se sentirem constrangidas. Uma fila de pessoas para carregar aquelas cestas, aquele sofrimento todo. Com o vale, a pessoa pode ir ao mercado e escolher o que ela quer comprar. Nesse mês de janeiro, foram concedidas 954 cestas. O volume e a logística para armazenar tudo isso é enorme, sem contar que esses alimentos não podem ficar muito tempo armazenados”.

O valor do cartão será de R$ 137, o mesmo da cesta básica. Com esse benefício, o usuário poderá adquirir alimentos de forma gradual e de acordo com sua necessidade. Cidades como Blumenau foram tidas como referência para que essas alterações ocorressem. Serão confeccionados dois tipos de cartão: um emergencial, que pode demorar até 20 dias para chegar e um provisório, que já será retirado no mesmo dia do cadastro. Com esses cartões, não será possível comprar bebidas alcoólicas e cigarros. Caso essa restrição for burlada ou fraudada, a pessoa será automaticamente descredenciada e perderá o direito ao benefício. O vale também não dá direito à aquisição de produtos de higiene, condição que o secretário discorda. “Toda família precisa de um sabonete, uma pasta de dente, um detergente para lavar a louça. Infelizmente, a lei federal não nos permite. Ao menos, as pessoas poderão escolher o que querem comprar”, reforçou.

A revalidação dos cartões será feita todo mês, após um processo de comprovação da necessidade do uso. “A maioria solicita porque realmente precisa”, disse Jocimar.
De acordo com o secretário, a empresa que vencer a licitação terá que credenciar um determinado número de comércios para que o benefício seja utilizado. “Queremos que aqueles comércios menores, de bairro, possam também oferecer esses alimentos e as pessoas tenham mais opções”, concluiu.


 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Brusque registra 269ª morte relacionada ao Covid-19

A cidade de Brusque registrou, nesta segunda-feira (14), o óbito de número 269 associado ao coronavírus. Trata-se de uma mulher de 87 anos de idade, moradora do bairro Souza Cruz. Manifestou os primeiros sintomas da doença em 02 de junho e  não teve passagem pelo Centro de Triagem de Sintomáticos Respiratórios do município. Foi internada no dia 04 de junho no Hospital Imigrantes. Tomou as duas doses da vacina Coronavac contra a...
Continuar lendo...

Projeto de Empreendedorismo é realizado pela UNIFEBE em parceria com a APAE

O empreendedorismo social tem ganhado ao longo dos anos espaço e atenção dos novos e futuros gestores no Brasil. Segundo a edição de 2021 do Mapa de Negócios de Impacto Socioambiental, realizado pela plataforma Pipe.Social, o Brasil possui 1.272 negócios de impacto social e ambiental e, por isso, o tema tem emergido na universidade. Gerenciar um empreendimento que tem como missão melhorar a sociedade, tem suas particularidades e, foi...
Continuar lendo...

Mulher é levada ao hospital após chocar veículo contra poste, no Águas Claras

Uma mulher de 50 anos sofreu um acidente na manhã desta segunda-feira (8), na rua Henrique Knihs, no Águas Claras. Ela conduzia um Honda Civic prata e colidiu o veículo contra um poste. Por isso, foi encontrada com um corte contuso na cabeça, porém, com sinais vitais estáveis. Ela foi encaminhada ao Pronto Socorro do Hospital Azambuja para avaliação médica.  
Continuar lendo...