Justiça condena sete investigados na "Operação Peixe Branco", em Brusque

A Vara Criminal da Comarca de Brusque, condenou sete pessoas investigadas e presas pela Divisão de Investigação Criminal de Brusque pela prática dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse ilegal de arma de fogo e munições e comércio ilegal de anabolizantes.

A "Operação Peixe Branco" foi desencadeada em duas etapas, a primeira no mês de fevereiro e a segunda no mês de maio de 2020. Com os condenados foram apreendidas drogas (cocaína, maconha e ecstasy), apetrechos para o preparo e armazenamento das drogas, 2 (duas) armas de fogo, munições, anabolizantes e a quantia aproximada em espécie de R$ 75.000,00 (setenta e cinco mil reais) provenientes do comércio ilegal de drogas.

A somatória das penas ultrapassa 67 anos e os valores apreendidos foram destinados ao Fundo Nacional Antidrogas - FUNAD do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões