Represas de sistemas isolados serão limpas a cada três meses

Desde os primeiros dias do ano, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque voltou a realizar periodicamente desassoreamentos nas represas que compõem os seis sistemas isolados de captação de água bruta.

A ação tem como objetivo retirar resíduos sólidos como lodo, lama e vegetação que fica acumulada com o passar dos tempos no fundo das barragens, aumentando, assim, a capacidade de reservação e captação.

“Nós implementamos uma equipe que em determinados domingos pela manhã estarão desassoreando uma ou duas represas”, comenta o diretor-presidente da autarquia municipal, Luciano Camargo. “Iniciamos neste domingo, às 5h, limpando Santa Luzia e Ribeirão do Mafra. Ficamos até próximo do meio-dia, para não comprometer o abastecimento de água do local”.

Ainda de acordo com o responsável pelo Samae Brusque, este tipo de trabalho possui grande eficácia, já que aumenta consideravelmente a capacidade das represas. Em alguns casos, o volume de água armazenada pode chegar a triplicar. A ação, continua Camargo, tem, inclusive, assegurado o abastecimento de água neste início de ano em regiões onde ocorrem escassez durante o verão.

“Agora, no mínimo a cada três meses vai ser feito este procedimento nos sistemas isolados, para que não cheguem no ponto em que estas chegaram. Estávamos em um momento crítico, onde precisávamos de reserva e não tínhamos porque as barragens estavam cheias de lodo”, finaliza.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões