Assessoria de Jeferson Renan se manifesta sobre acusação de injúria racial contra ele

A Assessoria do jogador Jeferson Renan se manifestou através de nota sobre a acusação de racismo feita ao jogador, conforme denúncia através do Twitter do Brusque FC, durante a partida entre Vila Nova e Brusque pelo Campeonato Brasileiro da Série C, em Goiânia. Na nota, a ASC Assessoria, afirma que em nenhum momento, Jefferson Renan negou o ocorrido e/ou não confirmou a acusação, conforme divulgado pelo Vila Nova Futebol Clube.

O comunicado diz ainda que o atleta, ao final da partida, afirmou que, no calor e no momento do jogo, não ouviu o ataque racial proferido contra ele, mas que acredita fielmente nas palavras da Lara, assessora do Brusque.

Finalizando a nota a assessoria diz que o atleta repudia qualquer atitude preconceituosa, no futebol e em qualquer outra área, e sente-se no dever de lutar pelos seus direitos como ser humano e fazer com que a justiça seja feita.

Confira a nota na íntegra

A ASC Assessoria, responsável pela assessoria de imprensa do atleta Jefferson Renan, a respeito do ocorrido com o atacante em partida válida pela 4ª rodada da segunda fase da série C do Campeonato Brasileiro e, preocupada com a integridade moral do atacante, vem esclarecer que em nenhum momento Jefferson Renan negou o ocorrido e/ou não confirmou a acusação, conforme divulgado pelo Vila Nova Futebol Clube.

O atleta, ao final da partida, afirmou que, no calor e no momento do jogo, não ouviu o ataque racial proferido contra ele, mas que acredita fielmente nas palavras da Lara, assessora do Brusque.

Jefferson Renan declara ainda que repudia qualquer atitude preconceituosa, no futebol e em qualquer outra área, e sente-se no dever de lutar pelos seus direitos como ser humano e fazer com que a justiça seja feita. A ASC Assessoria se coloca à disposição da imprensa e voltará com mais informações conforme o decorrer do caso.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Assassina de Chico Wehmut é considerada foragida

A justiça de Brusque expediu mandado de prisão contra Sandra Maria Bernardes, condenada pelo assassinato do empresário brusquense Chico Wehmut, em 2014. A decisão foi assinada esta semana pelo juiz Edemar Leopoldo Schlösser. Sandra foi condenada a 21 anos e quatro meses de prisão. Em 2014, ela teria envenenado Wehmut usando o popular chumbinho em uma taça com bebida. O julgamento ocorreu três anos depois, vindo a sentença de...
Continuar lendo...

(VÍDEO) Organizadores de castração acusam Prefeitura de ceder a pressões contra a ação

Impasse em um evento de castração animal programado para acontecer no estacionamento interno do Pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, o Pavilhão da Fenarreco, neste domingo (31) e na segunda-feira (01). Realizada por uma equipe veterinária de Florianópolis, a Castração Social, como é chamada, iria fazer em dois dias as cirurgias a um preço reduzido em comparação com o que é praticado nas clinicas. Mas os...
Continuar lendo...

Rua Poço Fundo será interditada nesta quarta

A partir de quarta-feira (19) a rua Poço Fundo, no bairro Poço Fundo, será interditada nos dois sentidos das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h30. A interdição será necessária por cerca de 15 dias úteis, em 240 metros da via, no trecho entre o Residencial Ipê Amarelo até a rua PF 30.  De acordo com a secretária de Infraestrutura Estratégica, Andréa Patrícia Volkmann, a obra na rua...
Continuar lendo...