Homem é preso por se passar por funcionário de banco e recolher cartões das vítimas

Na tarde de quarta-feira (11), por volta das 16 horas a Policia Militar estava em rondas já em busca de um homem que estava aplicando golpes na região do Bairro Águas Claras e Steffen, onde o autor iria até a residências das pessoas e se passava por funcionário de bancos e recolhia seus cartões de créditos.  A guarnição logrou êxito em encontrar ele hospedado em um hotel da cidade e junto dele uma quantia de R$ 2 mil reais em espécie e sete maquinas de cartão de credito, diversos cartões das vítimas e uma identidade falsa.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão e ele foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Publicada em Diário Oficial decisão de retomada das aulas no Estado, Governadora comenta em suas redes

Após o Procurador-Geral de Justiça, Fernando da Silva Comin, cobrar do Estado prioridade para a educação, foram publicadas neste sábado as portarias Conjuntas n. 900 e 901/2020/SES/SED autorizando novamente a retomada das atividades educacionais presenciais nas escolas públicas municipais e nas escolas particulares nas regiões de nível grave (laranja) e atividades pedagógicas individuais no nível gravíssimo (vermelho)....
Continuar lendo...

Ginásio em construção desaba e deixa pessoas feridas

Na manhã desta quarta-feira, 18, uma estrutura metálica de um ginásio em construção, no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Braço do Norte, deixou duas pessoas feridas. As vítimas trabalhavam no local e foram surpreendidas com a queda da estrutura. O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência. Além dos Bombeiros de Braço do Norte, a corporação de São Ludgero também...
Continuar lendo...

Cientista político fala das expectativas das eleições de Brusque em tempo de pandemia

O Cientista político, Carlos Sell, participou da programação do Rádio Revista Cidade na manhã de sexta-feira (13). Sell avaliou diversas questões sobre as eleições municipais 2020. Uma delas foi a nova forma de campanha que foi imposta em função do Coronavírus. Carlos afirmou que foi um momento novo e que gerou algumas dificuldades. “Quem imaginaria que o ato mais simples de um político, o aperto de...
Continuar lendo...