Poder Judiciário de Santa Catarina define datas de recesso e plantões de final de ano

O Poder Judiciário de Santa Catarina, por meio da Resolução TJ 18/2020, definiu o período de recesso de final de ano no Tribunal e nas 111 comarcas do Estado. Pela normativa, de 4 de novembro, o expediente estará suspenso no período de 21 de dezembro de 2020 a 6 de janeiro de 2021.

A suspensão dos prazos judiciais se dará de 20 de dezembro de 2020 a 20 de janeiro de 2021. Referida resolução detalha, na íntegra, os procedimentos e as exceções previstas para essas datas.

Nesse período, o Poder Judiciário manterá em todas as unidades judiciais catarinenses serviço de plantão aos jurisdicionados, conforme estabelecido na Resolução CM 12/2010 e nos artigos 322 a 334 do Regimento Interno do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, para atendimento de medidas judiciais urgentes, assim consideradas aquelas destinadas a evitar o perecimento de direito ou assegurar a liberdade de locomoção.

 

Assessoria de Imprensa/NCI

Dúvidas ou Sugestões

FCDL/SC lança plataforma para alavancar vendas na Black Friday

A FCDL, Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina, lançou o site exclusivo da plataforma QCompras: www.qcompras.com.br, apostando na força do comércio on-line para a Black Friday, no próximo dia 27. De acordo com o presidente da entidade, Ivan Tauffer, a página irá permitir que os varejistas catarinenses, principalmente os pequenos negócios, entrem de vez no comércio eletrônico e no mundo...
Continuar lendo...

Vídeo: Homem é levado ao hospital após acidente no Zantão

  Na tarde deste sábado (14), dois veículos colidiram no bairro Zantão. O acidente ocorreu por volta das 15h54 na rua Arnoldo Ristow. Confira as imagens enviadas por um moradora.  O condutor de 31 anos do Pegeot, placa de São Bernardino, estava consciente, porém confuso, sentado em uma cadeira na calçada. O homem tinha um corte contudo na lombar. Sendo levado ao Hospital Azambuja para avaliação médica após...
Continuar lendo...

Eleitor com deficiência visual poderá ouvir nome de candidato na urna pela primeira vez na história

Os eleitores com deficiência visual poderão ouvir o nome do candidato após digitar o número correspondente na urna eletrônica nas Eleições 2020. Pela primeira vez na história será usado o recurso de sintetização de voz, tecnologia que transforma texto em som e simula como se a máquina fizesse o papel de uma pessoa lendo o conteúdo de algum documento. Segundo Rodrigo Coimbra, chefe da Seção...
Continuar lendo...