OSB mantém posicionamento isento nas eleições

Na noite deste domingo (04), o OSB (Observatório Social de Brusque) veio a público registrar que seu posicionamento nesta eleição, e em todas as eleições, é isento. “Desejamos que tudo transcorra dentro da legalidade que esse ato democrático merece”, reforça o presidente Claudemir Marcolla. 

De acordo com a entidade, seu compromisso é incentivar o processo eleitoral transparente e que os eleitores busquem as informações necessárias para a escolha de seus representantes. “É por isso que também apoiamos a realização de todos os debates políticos, para que a população tire todas as suas dúvidas e conheça de forma integral os candidatos, afinal, serão eles que nos representarão e tomarão as decisões em nosso nome pelos próximos quatro anos”, ressalta Marcolla. 

Demandas para a nova gestão

A entidade montou um documento com cinco páginas, com pontos que são considerados essenciais e devem ganhar uma atenção especial dos novos governantes. 

Uma das questões apontadas é a troca de cargos comissionados por apoio ao executivo. O OSB Brusque abomina o uso indevido de cargos comissionados como moeda de troca para que o executivo receba apoio de vereador e/ou partido político. Esperamos que o próximo gestor não se utilize desse modo de contratação, promovendo a meritocracia dentro do setor público, aproveitando ao máximo os funcionários efetivos para a assunção de cargos de liderança e estratégicos”. 

Outro item bastante abordado no documento é a questão da transparência nos processos de licitações e divulgação de informações à população de modo geral. “Caberá à nova gestão manter o portal da transparência acessível a qualquer cidadão, com informações dispostas em tempo real e de fácil navegação”, destaca a equipe do Observatório.

Dúvidas ou Sugestões