Bruscão sai invicto pela quinta partida seguida

O aniversário de um ano do técnico Jerson Testoni no comando do Brusque FC foi marcado por vitória do quadricolor brusquense no Estádio Augusto Bauer, casa do marreco. Marcado pela arbitragem de Salim Fende Chavez apitando a partida, auxiliado por Gustavo Rodrigues de Oliveira e Leandra Aires Cossette

Hoje a equipe do Bruscão, entrou em campo com dez desfalques, nove afastados por lesão (Alex Sandro, Edu, Emerson Martins, Everton Alemão, Fio, Gustavo Henrique, Ianson, Marco Antônio e Ruan) e o zagueiro Cleyton, devido a suspensão devido ao jogo de domingo contra o Volta Redonda. 

O time catarinense começou o jogo com a primeira falta já nos quatro minutos do primeiro tempo, dada ao meia Guilherme Escuro. Em contrapartida, o time rival foi o próximo ao levar falta quando Rafael Rosa derrubou Edilson aos cinco minutos. O mesmo defesa do Brusque caiu ao chão logo em seguida, aos dez minutos, em pedido de atendimento. Contudo, após se afastar por alguns minutos, logo retornou ao gramado.

Enquanto o Brusque foi o primeiro a marcar falta, o time visitante foi o primeiro a levantar o amarelo aos doze minutos, quando Danilo fez uma falta tola sobre Edilson.

O susto veio quinze minutos, quando Adenílson foi marcar cobrança e lançou a bola em direção ao gol, mas para alívio dos torcedores do quadricolor catarinense, a bola passou por cima. Pouco depois, entretanto, veio o segundo susto, quase um gol contra aos dezessete minutos.

Contudo, foram aos vinte minutos que o coração do Brusque vibrou de verdade, quando a bola enfim entrou na rede do rival e marcou com impacto o primeiro gol da partida. Após um belo levantamento de Zé Carlos, Itinga tentou finalizar, mas Dalton em ótimo desempenho na partida, bloqueou a bola. O goleiro londrino não contava, no entanto, com o camisa 9 do Brusque, que chutou no rebote e marcou o primeiro gol da noite.

Depois do primeiro gol, o Londrina veio para cima do time brusquense, mas a defesa estava em um bom dia, apresentando ótimos bloqueios. Contudo, o time pecou em alguns passes, ainda que em proporção menor ao número de acertos. 

Ainda no primeiro tempo, aos vinte e oito minutos, o segundo gol veio. Garcez que havia acabado de fazer seu primeiro gol com a camisa do time, se empolgou e foi o criador do segundo. 

Infelizmente a felicidade foi contida, quando um minuto depois, aos vinte e nove do primeiro tempo, veio o primeiro gol do Londrina, marcado pelol cabeceio de Carlos Henrique. Como se já não bastasse o levantamento, o time visitante deu mais um susto aos trinta e sete minutos, quando Bianqui chutou cruzado e bola passou muito próxima ao seu alvo. O mesmo raspar da trave se repetiu nos minutos finais do primeiro tempo, aos 43 minutos, com a cobrança de falta de Igor Paixão.

O segundo tempo começou novamente com susto por parte do Londrina, com lances certeiros.

Aos seis minutos veio a primeira substituição do time do Brusque, saindo João Carlos com entrada de Jefferson Renan.

No segundo tempo o goleiro do Brusque marcou sua presença com defesa impactante aos sete minutos em defesa ao contraataque rápido de Bianqui. Contudo, o atacante do time rival não desistiu, tentou o gol novamente aos nove minutos, mas desta vez acabou em tiro de meta.

Aos dezesseis minutos, com o mesmo placar, o técnio do Londrina mudou o time em campo. Saindo Igor Paixão, Escobar e Danilo, com a entrada de Fábio Matos, Raí Ramos e Wagner. Já a próxima mudança do Brusque FC chegou aos dezenove minutos com a saída de Geovane Itinga e entrada de Rodolfo Potiguar.

Aos vinte e nove minutos Wagner até tentou alcançar a rede catarina, mas o chutou mal e a bola saiu torta pela linha de fundo.

Já os trinta minutos foram marcados por diversas faltam, inclusive, com paralisação por parte do Brusque. Voltando com agilidade, com quase gol de Zé Mateus aos trinta e sete minutos do segundo tempo.

Em seguida veio a substituição do Londrina quando Rafael Rosa saiu e Alan Cardoso entrou em seu lugar.

Os minutos seguintes foram novamente marcados desta vez por falta cometida pelos dois lados.

No primeiro minuto de acréscimo o terceiro gol do Brusque quase veio por parte de Alagoano, mas Zé Pedro salvou.

Fim de jogo com Brusque saindo invicto pela quinta partida seguida.

 

TIMES EM CAMPO:

 

BRUSQUE:

Zé Carlos

João Carlos

Claudinho

Neguete

Escuro

Airton

Zé Mateus

Garcez

Thiago Alagoano

Edilson

Itinga

 

LONDRINA

Dalton

Gedeilson

Zé Pedro

Escobar

Rafael Rosa

Igor Paixão

Matheus Bianqui

Júnior Pirambu

Adenilson

Danilo

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões