Perseguição pelas ruas e grande quantidade de droga encontrada

Por volta das 19h20 de ontem, sexta-feira (18), duas guarnições da Polícia Militar de Brusque faziam  rodas pelo bairro Cedrinho, quando avistaram um homem pilotando uma motocicleta Honda/CG 160 CC. Ele, ao avistar os policiais, desviou de direção e acelerou a moto, chamando atenção dos PMs.

Após diversas tentativas de abordá-lo, inclusive usando dispositivos luminosos) e sirene, o condutor não obedeceu e continuou infringindo a legislação de trânsito. Segundo a PM, ele andava na contramão da via, colocando em risco os pedestres e outros veículos que circulavam no local.

Em determinado momento, o condutor da motocicleta diminuiu a velocidade e realizou manobras no intuito de escapar, mas foi pego. Ele afirmou que estava de posse de certa quantidade de droga em seus bolsos e também porque não possuía carteira Nacional de Habilitação.

Uma das guarnições fez busca pessoal e localizou 41 pedras de substância semelhante a crack, 15 “buchas” de substância semelhante à cocaína e uma porção pequena de substância semelhante à maconha. Todas as substâncias estavam embaladas e fracionadas, como se estivessem prontas para venda.

O homem confessou que venderia por R$ 20,00 a unidade da “pedra de crack” e por R$ 50,00 a “bucha de cocaína”.

Ele foi preso pelos crimes de tráfico de drogas e dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida permissão para dirigir ou habilitação, gerando perigo de dano.

 

 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Proibição de debates e sabatinas pela Prefeitura não está prevista nos decretos e portarias

A Rádio Cidade buscou levantar entre as portarias emitidas pelo governo do estado para enfrentamento da Covid-19 e os decretos emitidos pela Prefeitura de Brusque pontos que justifiquem a proibição da realização de debates ou sabatinas com vistas às eleições municipais deste ano na cidade. Ontem, terça-feira (29), a Prefeitura emitiu um comunicado no qual cita as portarias  710 e 737, da Secretaria de Estado da Saúde,...
Continuar lendo...

Três são condenados em primeira instância por receptação

Três homens foram condenados em primeira instância por receptação de mercadoria pelo juízo da Vara Criminal da comarca de Brusque. Segundo denúncia do Ministério Público (MP), entre 2014 e 2016, eles adquiriram em proveito próprio rolos de malha e caixas de fios, em quantidade aproximada de 1,5 tonelada, cientes de que os produtos eram desviados de de um estabelecimento comercial localizado em uma cidade do Vale do...
Continuar lendo...

Operação prende em Brusque membro do Comando Vermelho

A Polícia Civil de Brusque prestou auxilio a prisão de um homem que era procurado pela justiça do Pará e ligado ao grupo Comando Vermelho. Ele foi pego no começo da tarde desta sexta-feira (23), no bairro Jardim Maluche, em Brusque. De acordo com a polícia brusquense, a Polícia Civil do Pará prendeu  um homem em cumprimento a  ordem judicial expedida pela 3ª Vara do Tribunal do Júri desta capital paraense,...
Continuar lendo...