Preso é morto dentro da cela e tem o coração arrancado

Um detento de 27 anos de idade foi morto na prisão e teve o coração arrancado na noite de ontem, terça-feira (15). O crime aconteceu em uma das celas da Penitenciária Industrial de Blumenau. O autor confessou o crime.

De acordo com o Departamento de Administração Prisional do Estado (Deap). O preso foi identificado como Alexander Alves e cumpria pena por tráfico de drogas.

Ele foi morto na ala 59, espaço onde ficam aprisionados os detentos que sofrem ameaças de morte.

O Deap vai apurar os detalhes sobre o caso.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Catarinense que abusou de menor é preso nos EUA

Condenado por estupro de um menor de idade em Santa Catarina, um homem de 39 anos de idade foi preso nos Estados Unido0s depois de três anos sendo procurado pela jsutiça brasileira. Não foi divulgada qual cidade do estado ele cometeu o crime. O homem foi localizado poela autoridades norte americanas durante uma abordagem de rotina. Eles conferiam os documentos em um sistema de buscas internacional, o Diplomatic, quando se depararam com a informação de que...
Continuar lendo...

Casal precisou ser conduzido ao hospital devido aos ferimentos

Duas pessoas ficaram feridas e precisaram ser levadas ao hospital após um acidente entre moto e carro na Avenida Beira Rio, em Brusque. A colisão foi entre um veículo Ônix e uma moto Kawasaki, por volta de 10h30 da manhã deste sábado, na região do bairro Santa Rita.  Conforme informações apuradas no local pela equipe da Rádio Cidade, o veículo Ônix seguia sentido bairro Santa Terezinha ao Centro. Em...
Continuar lendo...

Tribunal aprova as contas de todos os prefeitos do Médio Vale

Mais uma conquista para os municípios do Médio Vale do Itajaí: os 14 prefeitos tiveram a prestação de contas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE/SC). Na última semana, a Corte catarinense concluiu a apreciação das contas dos 295 municípios catarinenses referentes ao exercício de 2019. A aprovação demonstra que as condutas de Apiúna, Ascurra, Benedito Novo, Blumenau,...
Continuar lendo...