Mutirão contra Dengue recolhe entulho de cemitérios em Brusque

No sábado (12) a equipe do programa de Combate a Endemias realizou um mutirão de limpeza nos cemitérios Parque da Saudade, Santa Terezinha, Dom Joaquim e Águas Claras. A ação teve intuito de eliminar o máximo de depósitos possível para minimizar os riscos da população contrair dengue.

Ao todo foram recolhidos 60 sacos de lixos e recipientes que podem se tornar criadouros do mosquito Aedes aegypti. “Os cemitérios são considerados pontos estratégicos e recebem visita de um agente de endemias obrigatoriamente a cada 15 dias, porém por se tratar de um local com grande circulação de pessoas sempre encontramos vasos e recipientes que acumulam água”, explica a coordenadora do programa de Combate a Endemias, Letícia Figueredo. 

“Além desta visita as ações são feitas a cada dois ou três meses ou conforme necessidade observada pela equipe. Floriculturas e ferros velhos também são visitados com frequência, por também serem considerados pontos estratégicos”.

Em caso de febre, dores de cabeça, no corpo e atrás dos olhos e manchas vermelhas pelo corpo, deve-se procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima. Para dúvidas e denúncias entre em contato pelo telefone do Programa de Combate a Endemias, 47 3110-1017.

Boletim Epidemiológico desta terça-feira (15)

O Programa de Combate a Endemias da Prefeitura de Brusque contabiliza 1058 focos do mosquito Aedes Aegypti na cidade. São 32 a mais que o número divulgado no último boletim, no dia 1º de setembro.

O bairro com maior número de focos ainda é o Santa Rita, com 145; seguido pelo Centro, com 112; Santa Terezinha, com 83 e São Luiz, com 80. Há focos em 22 bairros da cidade. “Com o aumento da temperatura a tendência é de aumentar o número de focos, por isso a comunidade deve ficar atenta e evitar locais que possam favorecer a proliferação do mosquito transmissor da dengue. A limpeza do quintal, vasos, caixas d’água é fundamental”, ressalta Letícia.

Quanto ao número de pessoas infectadas, Brusque permanece com 42 casos confirmados de dengue. Deste número, 26 são autóctones (contraídos no próprio município) e 16 são importados. Um caso está em investigação e outros 127 foram descartados.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões