(VÍDEO) UPA recebe R$ 80 mil para ampliar espaços aos detentos

A Unidade Prisional Avançada (UPA) de Brusque possui, atualmente, 55 detentos condenados e que aguardam vagas no sistema prisional do estado para cumprir as penas. Alguns estão com sentenças em grau de recurso e, por isso, permanecem na unidade.

A informação foi repassada pelo juiz Edemar Leopoldo Schlösser, da vara criminal do Judiciário d comarca, em entrevista ao programa Rádio Revista Cidade desta sexta-feira (11). Ele explicou que a UPA é um espaço de detenção provisória, diferente de uma penitenciária ou presídio, para onde se vai para cumprir a pena após o fim dos recursos.

Schlösser afirma que muitos dos presos trabalham no local em atividades que vão desde cuidados com a horta, onde são plantados itens para alimentação dos detentos, até a produção de itens para empresas têxteis e do ramo metalmecânico. Estas são parceiras do Judiciário, com projeto de ressocialização.

“Como somos uma unidade prisional para presos provisórios, essas alternativas de trabalho que foram criadas foram por iniciativas dos gestores e de entidades organizadas. Não há obrigação do estado em fornecer atividades aos presos”, destacou ele.

Os presos recebem um valor por produção, que é dividido entre todos. O dinheiro fica depositado em uma conta para retirada quando ele deixa a prisão ao cumprir a pena. Ou pode ser destinado aos familiares.

“Teve caso de um preso que quando saiu tinha cerca de R$ 14 mil”, disse o magistrado, informando que, atualmente, há 30 presos trabalhando nestes espaços.

Schlösser disse, ainda, que a UPA recebe valores oriundos de multas aplicadas em ações pela justiça. Somente esse na, foram cerca de R$ 80 mil destinados a manutenção o local. O dinheiro está sendo usado para construção de novas salas de atendimento, bem como dormitórios em um espaço que fica anexo a cozinha. Uma sala de videoconferência está seno erguida.

“Hoje, com o sistema de videoconferência o preso não vai mais no fórum. Todos ficam na própria unidade. Isso diminui o custo para o Estado e mais segurança para os agentes e o próprio trânsito”, afirma o juiz.

VEJA O VÍDEO

 

Vídeos

Presos da UPA"
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões