“Já revertemos coisa pior e vamos trabalhar para reverter isso aí"

O técnico do Brusque, Jerson Testoni, lamentou a derrota de ontem à noite para a Chapecoense por 2 x 0, na Arena Condá, pela partida de ida da final do Catarinense. Apesar do resultado, ele acredita que é possível reverter o placar no próximo domingo (13), em Brusque, no Estádio Augusto Bauer.

“Já revertemos coisa pior e vamos trabalhar pra domingo reverter isso aí, porque só acabou o primeiro tempo”, comenta ele.

Para o treinador, o time pecou ao errar muitas saídas de bola no começo da partida. Embora tenha corrigido isso no decorrer do jogo, não foi o suficiente para evitar a chegada do time do Oeste.

Ele evita fazer comparação sobre o título do Brusque em 1992, quando a equipe perdeu a primeira para o Avaí e conseguiu se recuperar e faturar o caneco em casa.

“92 era outro momento outra situação. Hoje vai enfrentar adversário que está com 2 a 0 de vantagem. Precisa melhorar mais a finalização”, pontua.

Brusque e Chapecoense se enfrentam no jogo de volta de decisão na tarde de domingo. A partida acontece no estádio Augusto Bauer, às 16, com transmissão pela Rádio Cidade.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões