Bruscão perde para a Chapecoense na primeira da decisão

Embalado pela campanha que vem fazendo em três competições, o Brusque Futebol Clube foi a Chapecó disputar a primeira partida da decisão do Catarinense. E acabou derrotado pela Chapecoense por 2 x 0 na noite desta quarta-feira (9). Com isso, o marreco precisa vencer por dois gols de diferença no domingo (13) para levantar a taça.

A Chapecoense começou o jogo mais solta, pressionando o Brusque de cara. Foram duas chances claras de gol só nos dez primeiros momentos de jogo. Logo a um minuto de partida, o time do Oeste assustou o goleiro Zé Carlos, mas a bola foi fora.

Aos quatro, nova investida da Chape. Anselmo Ramon escorou bola na área de cabeça e Zé Carlos espalmou para fora. O mesmo Anselmo quase marcou aos 11. Ele recebeu bola de frente para o goleiro do Brusque e ela vai fora.

Aos 21, não teve jeito e a Chape furou a defesa do Brusque. Luiz Otavio, embaixo do gol, colocou a bola para o fundo das redes, depois de ela pipocar dentro da área. Chapecoense 1 x 0.

O Brusque quase chegou aos 27 com Rodolfo Potiguar, que chutou fora. Dois minutos depois, falta para o Brusque na entrada da área da Chape. Marco Antonio tentou avançar e foi derrubado por Alan Ruschel. Zé Matheus bateu e a bola explodiu na defesa.

Luiz Otavio levou amarelo ao fazer falta em Fabinho, novamente perto da grande área. Zé Matheus bateu e a bola parou na defesa, com falta de ataque do Bruscão.

O Brusque melhorou nas investidas. Aos 36, Ronaell tentou chute e mandou a bola longe do gol de João Ricardo. Um minuto depois, boa jogada do time do Brusque, que quase chega com perigo.

Aos 39, Alex Sandro avançou rápido e foi derrubado. Ronaell bateu e a zaga afastou de cabeça. João Carlos falhou na jogada e a Chape quase marca o segundo. Aylon chutou mal e deu susto em Zé Carlos e a defesa do marreco.

Fim do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Brusque tentou pressionar logo de cara. Alex Sandro domina pela esquerda e bate, mas a bola pé desviada e o Brusque ganha escanteio.

Aos 14, o Brusque chega com velocidade e tenta entrar na área por cima, mas a zaga afasta. Ronaell tenta e bola termina em escanteio novamente.

Aos 25, Marco Antonio entrou na área e caiu desequilibrado. O Brusque reclamou pênalti, mas o árbitro não deu.

A Chape marca o segundo gol aos 28. Jonilson aproveita a falha na marcação e empurra para dentro das redes. Chapecoense 2 x 0 Brusque.

Daí em diante, o Brusque foi pressão total. Foram várias vezes em que a equipe chegou ao gol da Chape, mas a bola insistia em não entrar. Aos 42, Ronael acabou armando o ataque do adversário e quase que a Chapecoense marca.

O jogo foi até os 50 minutos, selando a derrota a vitória da Chapecoense.

As duas equipes voltam a se enfrentar no domingo, às 16h, no Estádio Augusto Bauer.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE

João Ricardo

Matheus Ribeiro

Joilson

Luiz Otávio

Alan Ruschel

Willian

Anderson Leite (Ronei)

Denner (Vinicius Locatelli)

Aylon

Paulinho Mocelin

Anselmo Ramon

Técnico: Umberto Leuzer

 

BRUSQUE

Zé Carlos

João Carlos

Ianson

Everton

Ronaell

Zé Mateus

Rodolfo (Emerson Martins)

Thiago Alagoano

Marco Antonio

Alex Sandro (Dandam)

Fabinho (Johny)

Técnico: Jerson testoni

Arbitragem: Diego Cidral, Henrique Nua Ribeiro, Gizeli Cesari, Evandro Bender

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Tempo abafado para o primeiro final de semana de 2021

De acordo com a Defesa Civil do Estado, terão variação de nebulosidade e chance de pancadas de chuva a qualquer hora do dia. Para este sábado (2), o dia será de sol com nuvens e previsão de chuva isolada dos Planaltos ao Litoral, principalmente a partir da tarde. Neste domingo (3), será com variação de nuvens, mas ainda considerado um dia quente, com chance de chuva isolada, com temperaturas máximas na casa dos...
Continuar lendo...

Foco para manter a liderança do grupo na Série C

O Brusque Futebol Clube realizou na tarde ensolarada desta sexta-feira (18) o primeiro treino com todo elenco desde a partida pela Copa do Brasil. O treino foi divido em duas partes pelo técnico Jerson Testoni. A primeira, em campo reduzido, os atletas fizeram diversas situações de jogo, como troca de passes, finalizações e posicionamento, visando ainda mais o entrosamento com os novos contratados. A segunda parte da atividade, também...
Continuar lendo...

Brusque é referência em gestão pública moderna e eletrônica

Através de iniciativa da Secretaria de Governo e Gestão Estratégica, a prefeitura de Brusque iniciou a implantação do programa Brusque Sem Papel. Thomas Haag, diretor-geral da pasta, disse que o objetivo do programa é ampliar e dar celeridade de processos internos e externos. Conforme Haag, a inovação surge como resposta para resolver os problemas organizacionais. O programa é essencial para que a gestão pública...
Continuar lendo...