Inquérito sobre a morte de Flavia acusa casal de cinco crimes

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) ajuizou na Vara Criminal de Tijucas, no final da tarde desta sexta-feira (4), ação penal contra o casal suspeito de ter matado a professora Flavia Godinho Mafra (24) em Canelinha. A denúncia aponta que os dois tiveram o intuito de tomar para si o bebê de 36 semanas que ela levava no ventre. O MP acusa ambos dos crimes de feminicídio, tentativa de homicídio, parto suposto, subtração de incapaz e ocultação de cadáver.

Segundo as provas produzidas em inquérito policial, no dia 27 de agosto a investigada, em conluio com o companheiro, teria levado a vítima para um local ermo, supostamente para participar de um chá de bebê surpresa, onde a golpeou com um tijolo e provocou seu desmaio. Na ocasião, a vítima estava grávida, e a investigada teria usado um estilete para realizar, de forma precária, o parto. A hemorragia do ferimento causou a morte da vítima.

Em seguida, a denunciada teria se encontrado com o companheiro e ido até o Hospital de Canelinha, onde informou que o filho da vítima era seu e que fizera o parto em via pública, solicitando, portanto, ajuda no pós-parto. A equipe do hospital que atendeu a demanda percebeu que as informações eram controversas e acionou a Polícia Militar, que constatou o crime.

Os promotores de justiça que assinam a denúncia, Mirela Dutra Alberton, Alexandre Carrinho Muniz e Fred Anderson Vicente, consideraram que os denunciados teriam praticado, em relação à mãe, feminicídio qualificado por ter sido praticado por motivo torpe, utilizando-se de meio cruel, mediante dissimulação e para encobrir outro crime e tentativa de homicídio em relação ao bebê, qualificada pela impossibilidade de defesa. 

A mulher denunciada teria ainda ocultado o cadáver da vítima, localizado apenas no dia seguinte ao de sua morte no interior de um forno de cerâmica desativado que guarnecia o local do crime. Para os Promotores de Justiça, casal ainda assumiu o risco de provocar a morte do recém-nascido. O bebê só não foi morto porque o hospital municipal de Canelinha providenciou rapidamente a transferência do pequeno pra o hospital de melhor equipado para a necessária intervenção no delicado estado de saúde da criança. 

"Entendemos que havia justa causa para oferecer a denúncia contra ambos, que demonstram ser imputáveis. São capazes de entender o caráter ilícito da conduta e de se determinar de acordo com esse entendimento. Compreendiam muito bem o que faziam e quais as consequências, e todas as demais circunstâncias dos crimes estão embasadas nas provas coletadas no inquérito policial", afirmam os Promotores de Justiça.

A denúncia já foi recebida pelo Judiciário e agora inicia o devido processo legal. O MPSC requer que  os  denunciados sejam submetidos ao julgamento do Tribunal do Júri da comarca de Tijucas. 

A situação do bebê é acompanhada pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Tijucas, que tem como atribuição a área da infância e juventude. Uma das primeiras medidas foi requerer medida liminar, deferida pela Justiça, para preservar a imagem da criança, que circulava em redes sociais em desrespeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Veja quem serão os candidatos do MDB a vereadores em Botuverá

O MDB de Botuverá definiu na última semana as candidaturas a prefeito, vice, bem como a nominata de vereadores para disputa da eleição municipal deste ano.  O atual vice-prefeito, Alcir Merizio, teve o nome aprovado para disputar a cadeira de prefeito, tendo como pré-candidato a vice Valmor Costa. O partido também terá uma nominata de 12 candidatos para disputar as cadeiras do Legislativo. Os nomes aprovados na convenção...
Continuar lendo...

Incêndio destroi carro na rodovia Ivo Silveira esta madrugada

Um veículo pegou fogo no final da madrugada desta quarta-feira (23). O fato foi registrado por volta de 5h, na rodovia Ivo Silveira, região do bairro Barracão, divisa entre as cidades de Brusque e Gaspar. Segundo os bombeiros, no local foi constatado que o automóvel Santana, placas de Gaspar, já  estava tomado pelas chamas ao lado da via. A equipe realizou o combate direto com uso de água e espuma, utilizado 300 litros de água...
Continuar lendo...

Apenas segurados agendados serão atendidos nas agências do INSS

As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vão reabrir na próxima segunda-feira (14), mas o atendimento será exclusivo para quem fizer agendamento. Para marcar hora, o segurado deve acessar o site Meu INSS e aplicativo ou ligar no 135. Segundo o INSS, estarão disponíveis para atendimento presencial os serviços de perícia médica, avaliação social, cumprimento de exigência,...
Continuar lendo...