Autorizado retorno das cirurgias eletivas de alta e média complexidade

A Secretaria de Estado da Saúde anunciou a retomada de consultas e cirurgias eletivas de média e alta complexidade em todo o estado de Santa Catarina. As portarias nº 659 e nº 662, publicadas na edição de hoje, terça-feira (1), do Diário Oficial, autorizaram o retorno de tais procedimentos em todas as unidades hospitalares próprias da SES, unidades administradas por organizações sociais, filantrópicas, sob gestão municipal ou privadas.

Pela decisão, a oferta de procedimentos cirúrgicos eletivos de média e alta complexidade deve respeitar os termos de compromisso e plano operativo contratualizados.

As eletivas que necessitavam de anestesia geral estavam suspensas desde o mês de junho. As unidades já poderão iniciar o chamamento dos pacientes de acordo com as autorizações da Central de Regulação. Caso o paciente convocado apresente febre ou sintomas respiratórios, deverá ser suspenso o procedimento, devendo a Unidade Hospitalar realizar novo agendamento em até 30 dias

A portarias ainda estabelecem que os hospitais deverão manter inalterados o atendimento e internações dos pacientes suspeitos ou confirmados com a Covid-19, respeitando o número de leitos hospitalares destinados ao enfrentamento da pandemia.  Tais unidades também deverão garantir abastecimento de fármacos anestésicos intravenosos e bloqueadores neuromusculares em suficiência, prioritariamente, para atendimento integral ao paciente em terapia intensiva.

É vedado à unidade hospitalar restringir ou negar o recebimento de paciente em Unidade de Terapia Intensiva- UTI sob a alegação de falta de fármacos anestésicos intravenosos e bloqueadores neuromusculares, uma vez que, esteja realizando procedimentos cirúrgicos eletivos sob anestesia geral competindo pelos mesmos fármacos.

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, destacou que a retomada das eletivas ocorrerá com o devido atendimento das regras sanitárias. Ele lembrou que estratégia adotada para o enfrentamento da pandemia foi a de estruturar a rede hospitalar catarinense.

“Muitos desses leitos de UTI criados nos últimos cinco meses irão permanecer em funcionamento após a pandemia. Caminhamos em direção à uma nova estratégia, que é a de equacionar a questão das demandas de cirurgias eletivas”, disse.

Consultas

A portaria nº 659, que trata exclusivamente de consultas e atendimento ambulatorial, determina que após o atendimento dos procedimentos previamente autorizados e suspensos pela pandemia, as unidades hospitalares devem disponibilizar as vagas de consultas e exames para a Central Estadual de Regulação Ambulatorial na integralidade conforme o plano operativo estabelecido em contrato.

Ainda foram estipuladas uma série de regras sanitárias para os atendimentos, incluindo a de higienização dos locais e veículos de transporte, além de limitações para a presença de acompanhantes.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Colisão entre carro e moto deixa uma pessoa ferida no Centro esta madrugada

A colisão entre um carro e uma moto resultou em uma pessoa ferida na madrugada desta sexta-feira (11), no Centro de Brusque. O acidente foi por volta de 2 horas da manhã, na Avenida Getúlio Vargas. De acordo com Corpo de Bombeiros, um veículo Gol, conduzido por um homem de 39 anos, que nada sofreu, se jogou contra uma moto CG, conduzida por uma pessoa de 39 anos. O motociclista encontrava-se sentado sobre a pista, consciente, apresentando ferimentos por todo o...
Continuar lendo...

Após bater contra caminhão, motociclista não lembrava ocorrido

A colisão entre uma moto Yamaha XTZ e um caminhão Mercedes deixou um homem de 45 anos de idade ferido. O acidente foi na madrugada desta sexta-feira (4), na Avenida Getulio Vargas, no Centro 2, em Brusque, por volta de 3h da manhã. De acordo com os bombeiros, a vítima estava consciente, mas dizia não lembrar do ocorrido. Ele apresentava  ferimentos nas mãos, pernas e braços, afirmando não lembrar o que ocorrera. O homem foi levado...
Continuar lendo...

Cerca de mil pacientes aguardam cirurgias, que serão retomadas agora

A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Brusque reabriu a agenda para realizar cirurgias. O serviço estava interrompido praticamente desde o mês de março, por conta da pandemia do coronavírus. São em torno de 1.000 pessoas que aguardam para realizar procedimentos dos mais variados. "Pssamos seis meses com agenda de cirurgias interrompida. A pandemia nos proibiu de realizarmos cirurgias ambulatorias, cirurgias dentro de hospitais, em...
Continuar lendo...