Saúde Apoio psicológico é importante para fumante abandonar o vício

O Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado hoje (29), este ano reforça a mensagem de que há mais uma razão para que o hábito seja abandonado em definitivo: o agravamento do quadro de covid-19. O tabagismo é considerado uma epidemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e exige, muitas vezes, um tratamento que abranja a dimensão psicológica do fumante, conforme destaca a especialista Silvia Maria Cury Ismael.

Segundo Silvia, que é a idealizadora e coordenadora do Programa Vida Sem Cigarro, do HCor, é preciso entender o que existe por trás do desejo pelo cigarro. Com experiência de quase três décadas nesse meio, ela diz que os 9,3% da população brasileira que ainda mantêm o hábito são, em grande parte, fumantes que não necessariamente consomem uma carteira toda em um curto intervalo de tempo, o que indica que a abordagem de psicólogos pode ser determinante.

"A dificuldade que temos hoje é que a parcela que ainda permanece fumando é de pessoas que têm uma dependência ou uma compulsão muito forte. Nem sempre são pessoas que fumam muitos cigarros. Às vezes, são pessoas que fumam menos do que dez ou cinco por dia, que têm uma dependência física baixa, mas uma dependência psicológica muito alta. A parte emocional pega muito mais, deixa a pessoa muito alterada, com sintomas de abstinência."

O tabaco provoca a morte de mais de 8 milhões de pessoas, por ano, em todo o mundo. De acordo com a OMS, a proporção de óbitos que são resultado do uso direto do tabaco ultrapassa 7 milhões. Outros 1,2 milhão, aproximadamente, são de não-fumantes que foram expostos ao fumo passivo.

A conta faz sentido, já que, conforme aponta o Instituto Nacional de Câncer (Inca) - que em abril já alertava para os efeitos graves que o tabagismo pode desencadear em infectados pelo SarS-Cov-2 - a fumaça que sai da ponta do cigarro e se espalha pelo ambiente carrega até 50 vezes mais substâncias cancerígenas do que a fumaça que o fumante inala.

A fumaça do cigarro contém mais de 7 mil compostos e substâncias químicas. Desse total, no mínimo, 69 são cancerígenos. 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

STJ confirma legalidade na investigação contra Júlio Garcia

Duas decisões do Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta semana confirmam a legalidade da atuação da 1ª Vara Federal de Florianópolis na investigação do presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) Júlio Garcia, denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) no âmbito da Operação Alcatraz. Em uma das decisões, o STJ, depois de manifestação do MPF, reconsiderou...
Continuar lendo...

Ari Vequi é eleito prefeito de Brusque

No domingo (15) foram realizadas as eleições municipais 2020. Brusque contava com seis candidatos e com 25.734 votos, ou seja 40,54% Ari Vequi foi eleito prefeito de Brusque. Paulo Eccel  - 12.324, 19,42%; Ciro Roza – 12.240, 19,28%; Professor Guilherme - 5.967 votos, 9,40%; Paulinho Sestrem - 4.336 votos, 6,83% e Coronel Gomes - 2.875 votos, 4,53%. Ari tem 53 anos de idade, é natural de Camboriú. Vequi ganhou experiência política ao...
Continuar lendo...

Colisão frontal entre carros termina com jovem de 19 anos no hospital

Uma mulher de 19 anos de idade ficou ferida e precisou ser levada pelo Corpo de Bombeiros ao pronto-socorro do hospital após um acidente de trânsito. Ela estava na carona de um veículo Punto, placas de São João Batista, que se chocou contra um Siena de São José dos Campos, São Paulo. O acidente aconteceu por volta de 20h30 de ontem, domingo, na Rodovia SC 410, região do Rio do Braço, em Nova Trento. Outras duas...
Continuar lendo...