Sindicatos do setor da construção civil assinam nova Convenção Coletiva

Os presidentes do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque e região (SINTRICOMB), Izaias Otaviano, e das Indústrias da Construção e do Mobiliário (SINDUSCON), Fernando de Oliveira, assinaram na quinta-feira, 6, a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2020-2021. O ato aconteceu pela manhã, na sede do sindicato laboral.

Diante da situação que vive o país em relação à pandemia, os dois sindicatos acertaram que o reajuste nos salários se dará de acordo com o percentual de inflação acumulado nos últimos 12 meses, valendo a partir de agosto. Todas as demais cláusulas da CCT acordada em 2019 foram mantidas.

A negociação coletiva deveria ter ocorrido em maio, quando é a data base do setor. No entanto, a proibição de se fazer assembleias por conta da pandemia fez com que não houvesse condições de se avançar nas tratativas. Por conta disso, os dois sindicatos acordaram prorrogar a validade das regras até o final de julho.  

Para o presidente do SINDUSCON, como o índice de reajuste salarial foi baixo e não vai impactar muito no orçamento das empresas a negociação pode ser fechada com rapidez. Ele reconhece que os trabalhadores não têm culpa da situação e agilizar a negociação é o mínimo a ser feito neste momento.

“Nosso setor começou agora a ter reajuste nos materiais e insumos. Mas existe ainda um grande otimismo, pois achamos que vamos ser um dos primeiros setores da economia a ter recuperação”, pontua o empresário.

Já o presidente do SINTRICOMB lembra da importância da Convenção Coletiva, que tem poder e validade acima das leis federais. É ela que assegura muitas das conquistas e benefícios que todos os trabalhadores dos setor têm direito de usufruir, como o próprio reajuste nos salários.

“Por isso é importante fazermos uma convenção com essa, com equilíbrio entre as partes. Conseguimos fechar no INPC para não haver perdas. Sabemos que é um ano totalmente atípico que estamos vivendo. A pandemia tirou muitos postos de trabalho”, destaca ele.

Os pisos salariais serão reajustados em 3% e quem ganha acima disso terá reajuste de 2,45%. 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Registrada nova morte por Covid-19 em Brusque nesta quinta

A Vigilância em Saúde informa que a Regional de Saúde de Blumenau comunicou a Vigilância Epidemiológica de Brusque, na tarde desta quinta-feira (13), que o 31º óbito, até então atribuído ao município de Brusque, passou para a cidade de Blumenau.  Trata-se de um homem, de 82 anos. Ele era morador de Brusque, mas no dia 10 de junho tinha sido levado para uma instituição de idosos em Blumenau. No dia 27...
Continuar lendo...

Reforço na frota de veículos da Saúde de Guabiruba

Foi entregue na tarde desta quarta-feira (12), um veículo Mercedes-Benz Sprinter 0 Km para a Secretaria de Saúde de Guabiruba. O novo veículo será empregado no transporte de pacientes do SUS, especialmente os que precisam fazer procedimentos de saúde em outros municípios. A Sprinter foi adquirida com recursos de emenda parlamentar estadual no valor de R$ 180 mil mais R$ 10 mil de contrapartida da Prefeitura de Guabiruba. Nesta tarde, os motoristas...
Continuar lendo...

Ampe encerra segunda edição da Pronegócio Web

A Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr) encerrou na sexta-feira (4 ) a segunda edição da Pronegócio Web. O evento on-line, realizado em parceria com o Sebrae/SC, reuniu 140 empresas fabricantes dos setores masculino, feminino, infantil e moda praia, que ao longo da semana tiveram a oportunidade de negociar com mais de 600 lojistas de todo o país, com produtos da coleção Alto Verão...
Continuar lendo...