Equipes intensificam orientação em Guabiruba

Durante toda esta semana, desde a vigência do Decreto 1.132 de 29 de junho de 2020 editado pela Prefeitura de Guabiruba, ações de conscientização vêm sendo realizadas por todo o município.

Equipes de diferentes secretarias, com o apoio da Polícia Militar, estão fazendo visitas orientativas aos estabelecimentos comerciais da cidade a fim de que todos estejam cientes das medidas obrigatórias de combate ao coronavírus como uso de máscara, disponibilização de álcool 70%, distanciamento entre as pessoas, funcionamento somente até 23h e proibição de aglomerações.

Desde a quarta-feira, 1º, o foco da Vigilância Sanitária foram os mercados. Na noite de quinta, 2, a Secretaria de Esportes percorreu 25 estabelecimentos como canchas, bares, clubes e similares.

“Na abordagem, enfatizamos a importância de todos seguirem o decreto municipal com as medidas de protocolo que previnem o contágio pelo coronavírus”, explica a secretária Marcia Hoschprung Watanabe, que fez o trabalho junto com diretor de esportes Alfonso Bernardi.

Todos os proprietários dos locais visitados assinaram um termo de que estão cientes das condutas e que podem sofrer punições em caso de descumprimento. Uma dessas punições previstas pelo decreto é o fechamento do estabelecimento infrator por até sete dias.

Maurinho, ecônomo do Clube 10 de Junho, no Centro, foi um dos visitados. Segundo ele, o bar do clube fica aberto somente até as 23h exigindo dos frequentadores todos os cuidados como uso de máscara, distanciamento e higienização com álcool 70% que o estabelecimento disponibiliza. Na porta, vários avisos estão afixados informando sobre as regras. A cancha de bocha está lacrada, ficando o jogo proibido assim como o baralho. “Pelos próximos 15 dias vai ser assim. Vamos respeitar para ver se melhora a situação”, afirma o ecônomo.

 
Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Marido atira na cabeça da esposa e tenta suicídio em Camboriú

Na manhã deste domingo (19), foi registrado um novo caso de feminicídio no bairro Braço, em Camboriú. A mulher foi morta pelo marido com dois tiros na cabeça, que após o assassinato, disparou contra sua própria cabeça. O homem foi socorrido no Hospital Ruth Cardoso. O marido, Ricardo Ralf, não aceitava o fim do casamento. A esposa, Ana Nice, de 32 anos, fez as malas para sair de casa, quando o crime aconteceu. A mulher...
Continuar lendo...

Técnicos sugerem nova quarentena no estado e apontam falta de UTIs em 12 dias

Técnicos do setor de vigilância epidemiológica do governo do estado estão sugerindo restrições mais rígidas e até propondo uma nova quarentena em Santa Catarina, tal qual ocorrera no início da pandemia, no mês de março deste ano. Eles prepararam um documento, no qual apresentam números sobre o aumento de casos de Covid-19 em todo o estado, bem como a quantidade de mortes causadas pela doença...
Continuar lendo...

Número de casos de coronavírus em Brusque segue estabilizado

A cidade de Brusque segue com números estabilizados de casos de coronavírus entre o sábado (4) e domingo (5). De acordo com o novo boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria da Saúde, por meio da Vigilância em Saúde, o município se mantém com 659 casos positivos da Covid-19. Entre eles, mais da metade, 360, já estão recuperados, enquanto 299 pessoas ainda estão com o vírus ativo. Até o...
Continuar lendo...