Quatro são presos em Brusque em ação contra roubo de cargas

Um operação deflagrada nesta quinta-feira (2) em várias cidades de Santa Catarina, inclusive Brusque, cumpre mandados de prisão, busca e apreensão contra pessoas suspeitas de envolvimento em roubos de cargas. Só em Brusque, quatro foram presos e, com um deles, apreendida quantia próxima de R$ 200 mil. Trata-se da Operação Carga Geral.

A operação é fruto de investigação que vem sendo feita há vários meses. Os roubos são de cargas de produtos como alimentos e eletrônicos, culminando com crimes de lavagem de dinheiro, receptação e roubo.  Três mandados a serem cumpridos na cidade de Brusque se transformaram em quatro. Isso porque uma das pessoas que estava na mira da investigação, mas não tinha contra sido expedido mandado de prisão contra si, acabou sendo levada também. Com ela foi encontrada a quantia em dinheiro, além de uma arma ilegal.

O delegado Osnei de Oliveira, da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), afirma que a ação tem, ainda, sequestro de bens, valores em dinheiro e veículos usados nas operações criminosas.

A investigação apontou 12 roubos de cargas. Em um dos casos, nas cidades de Indaial, Taió e Agrolândia, o valor estimado dos produtos levados pelos bandidos gira na casa de R$ 1 milhão. Por conta disso, a polícia pediu o bloqueio de bens dos envolvidos na casa de R$ 3 milhões.

A polícia não deu detalhes de onde foram feitas as prisões em Brusque, nem detalhes dos suspeitos envolvidos e presos. Participaram da operação cem policiais de diversas cidades da região.

Dados

Operação Carga Geral

Cidades: Brusque, Agrolândia, Balneário Camboriú, Indaial, Itajaí, Joinville, Penha, Porto Belo, Pouso Redondo, Taió, Rio do Sul, Barra Velha e Piçarras.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões