Gigantes suspendem publicidade em retaliação ao Facebook

A disseminação de conteúdos de ódio e notícias falsas sem controle pela plataforma levou uma série de grandes empresas do planeta a boicotar o Facebook. Gigantes como Unilever e Coca-Cola anunciaram que estão interrompendo  investimentos em publicidade nos canais da empresa de Mark Zuckemberg.

A campanha se intensificou na semana passada. Dela aderiram outras corporações, como Starbucks, Diageo, entre mais de 150, a maioria multinacionais. A ação leva o nome de "Dê um basta no ódio por lucro”, que tiveram, incialmente, com alvo da suspensão de mídia paga canais como o Facebook e o Twitter.

O impacto do corte, segundo as próprias empresas, deve gerar um rombo na fortuna de Zuckemberg na casa dos U$ 40 bilhões. O empresário, dono do Facebook. Afirmou que a empresa está adotando medidas para barrar os conteúdos.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Bolsonaro garante apoio do Governo Federal para reconstrução de estruturas danificadas

O presidente Jair Bolsonaro garantiu que o Governo Federal irá auxiliar o Estado de Santa Catarina na reconstrução das estruturas danificadas pela passagem de um ciclone extratropical, na última terça-feira. Ele sobrevoou na manhã deste sábado, 04, as cidades de Tijucas e Governador Celso Ramos, duas das mais atingidas pelos fortes ventos. Após o sobrevoo, o presidente participou de uma reunião com representantes do Governo do...
Continuar lendo...

Aglomero: mais de 470 flagrantes feitos na última semana

O trabalho de fiscalização a aglomeros na cidade de Brusque segue sendo feito pelas equipes do setor de saúde. De acordo com o diretor geral da Secretaria de Saúde e coordenador das equipes, Rodrigo Cesari, somente na última semana foram atendidas 476 denúncias de ocorrências de pessoas fazendo algum tipo de aglomero.  “Esse número é bastante expressivo. Foi a semana que batemos o recorde. Somente na sexta-feira...
Continuar lendo...

Covid-19: queda significativa no número de internados

O quadro de pessoas de Brusque hospitalizadas por conta de Covid-19 caiu de maneira considerável. A cidade já chegou a ter 16 pacientes apenas em UTI, sem contar os de enfermaria, totaliando mais de 30. Hoje, os números mostram que são três que recebem tratamento em UTI e oito na área clínica. O secretário de Saúde, Humberto Fornari, comemora essa redução. Ele lamentou, mais uma vez, as mortes ocorridas em...
Continuar lendo...