Cachorro do mato tratado no Zoobotânico é reintegrado à natureza

Na última semana o Parque Zoobotânico realizou a soltura de mais um animal recuperado pela equipe da clínica veterinária do local. O cachorro do mato foi encontrado no início do mês no bairro Lageado Baixo, em Guabiruba e ficou em tratamento durante dez dias.

“Ele chegou aqui sem mobilidade dos membros anteriores. Fizemos raios-X no hospital veterinário SOS Animais, onde temos parceria. Chegamos a um diagnóstico e fizemos um trabalho de recuperação com ele. No dia 22 de junho conseguimos devolvê-lo à natureza”, explica a veterinária Milene Zapala.

Este é um dos 59 animais que foram resgatados pela Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) ou apreendidos pela Polícia Ambiental e chegaram ao Parque Zoobotânico este ano. 
Alguns são animais de vida livre que estão com alguma lesão e outros que são de cativeiros, como por exemplo, o papagaio verdadeiro, precisam ser readaptados em recintos com outros da mesma espécie ou são encaminhados para outros zoológicos, podendo ter melhores condições de vida.

“Nosso trabalho é recuperar os animais de vida livre e se possível soltá-los novamente ao seu habitat. Mas nem sempre é o que acontece. Alguns chegam muito debilitados e acabam falecendo. Outros não sobreviveriam se soltássemos. Como é o caso de um jacu que chegou aqui no mês de março e estava cego. Ele possui um recinto adequado para a condição dele e não fica em exposição assim como outros animais”, detalha.

Na clínica do Zoobotânico há ainda dois tucanos, um bacurau e uma coruja que chegou com uma fratura em uma asa. Após cirurgia para implante de pino necessitará de fisioterapia e se estiver apto ao voo será reintegrado a natureza. “Procuramos sempre devolvê-los ao local em que foram resgatados, mas realizamos um estudo da região em parceria com a Fundema e muitas vezes soltamos na Reserva Particular do Patrimônio Natural Chácara Edith”.

“Os animais que estão alojados no parque sem condições de soltura fazemos um trabalho com os visitantes e estudantes dentro da educação ambiental. Trabalhamos com conscientização, preservação da fauna e flora”, finaliza Milene.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Guabiruba soma mais sete casos positivos de Covid-19

A cidade de Guabiruba informou esta tarde que registrou mais sete casos de Covid-19 e soma, agora, 48 desde o começo da pandemia. Os novos casos positivos são cinco mulheres de 19, 42, 43, 48 e 61 anos, além de um homem de 65 anos, todos em isolamento e tratamento domiciliares, e outro homem de 44, que está internado em enfermaria. O setor de saúde divulgou, também, que 122 testes deram negativo, 67 pessoas estão em monitoramento...
Continuar lendo...

Bancos ainda estudam oferta de crédito garantido por saque-aniversário

Clientes que queiram usar o saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como garantia de empréstimos ainda não encontrarão esse tipo de crédito disponível nos cinco maiores bancos do país. Desde o último dia 26, todos os bancos estão autorizados a operar essa linha de crédito. Segundo o Ministério da Economia, as principais instituições financeiras do país...
Continuar lendo...

Ciclista é atingido por carro na Padre Antonio Eising

Um homem de 24 anos de idade ficou ferido após ser atingido por um veículo enquanto trafegava de bicicleta na rua Padre Antonio Eising, no bairro Azambuja. A colisão foi na tarde de ontem, terça-feira (23). De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele seguia pela rua quando, por volta de 16h30, se chocou contra um Ford Ka, que tinha na direção uma mulher de 35 anos. Ele teve ferimentos leves, foi atendido no local e não quis ser levado ao pronto...
Continuar lendo...