Secretário afirma que morte de paciente com Covid-19 foi provocada por aneurisma

O secretário de Saúde da Prefeitura de Brusque, Humberto Martins Fornari, se manifestou sobre a morte da paciente de 48 anos diagnosticada com Covid-19. Ele disse que não é possível confirmar se a causa do falecimento foi o vírus, mas que como ela testou positivo para a doença é necessário que entre na estatística.

Segundo Fornari, a paciente deu entrada no hospital não por sintomas Covid-19, mas com um derrame cerebral volumoso. “Ou seja, extravasamento sanguíneo dentro do cérebro. Paciente relativamente jovem”, disse ele.

Como ela entrou na relação de doação de órgãos, é necessário se fazer todo tipo de exames clínicos para verificar se não possuía alguma doença. Entre eles e por conta da situação atual, também foi feito o de Covid-19.

“Eu entendo que foi um achado casual ela ter apresentado o Covid-19 positivo, uma vez que não deu entrada e não teve uma história pregressa de estar com sintomas gripais ou minimamente a qualquer sintoma relacionado a algo que nos faz pensar em doença do Covid-19. Acreditamos, sim, e a gente sabe também muito bem que muitas pessoas podem ser falsos positivos, assim como falsos negativos também acontecem para o covid-19”.

O secretário pediu mais uma vez que a comunidade brusquense se atente às regras sanitárias que vêm sendo cobradas pelas autoridades de saúde. Como distanciamento e interpessoal, a convivência social responsável, lavar as mãos com água e sabão, usar o álcool gel, máscara e não produzir aglomeração.

“Não façam isso. Agora é o momento de nós estarmos mais preocupados, porque as próximas duas semanas são bastante preocupante. Para a Secretaria Municipal, para Vigilância Epidemiológica, os números vão aumentar. Sabemos disso e pedimos, então, a compreensão e a colaboração de toda a população de Brusque”, frisou ele.

No final desta tarde, a Secretaria de Comunicação Social divulgou boletim emitido pela Secretaria de Saúde, no qual apontava a morte de uma pessoa de 46 anos de idade em função de problemas associados à Covid-19. Trata-se de uma mulher que residia no bairro Santa Rita e não tinha histórico de comorbidade – problemas graves de saúde.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões