Ele teria arrombado casa da vítima e ameaçado ela de morte

Um homem de 32 anos foi preso pela Polícia Civil de Brusque, em ação que contou com apoio da Civil de Gaspar, por descumprir medida protetiva contra a ex-companheira. Ele foi pego na cidade vizinha esta manhã.

De acordo com a Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI), ele foi pego em uma academia onde trabalhava. O mandado havia sido expedido pela justiça de Brusque.

Ainda segundo a polícia, ele teria comparecido na casa da vítima, que reside em Brusque, em dois dias consecutivos.  Nestas ocasiões, arrombou a porta e quebrou diversos bens da ex-mulher. Além disso, o suspeito também teria ameaçado ela de morte.

Preso, ele foi encaminhado para a Unidade Prisional Avanaçada (UPA), onde ficará preso à disposição da justiça. 

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Posto de combustível é roubado no Jardim Maluche

Neste sábado (4), por volta das 6h45, a Polícia Militar de Brusque foi acionada em um posto de combustível no bairro Jardim Maluche, para atender ocorrência de roubo. No local, o funcionário informou que um homem chegou ali e fez menção de estar armado para render os funcionários e anunciar o roubo.  Ao total, foi roubado todo o dinheiro do caixa, cerca de R$ 300,00, além de R$ 135,00 de um...
Continuar lendo...

Carro roubado é encontrado abandonado no bairro Limeira

Por volta das 9h38 de ontem, sábado (04), a Polícia Militar de Brusque foi acionada em uma barbearia no bairro Santa Terezinha, para atender ocorrência de roubo no local.  Lá, o funcionário informou que estava trabalhando quando um homem entrou armado, lhe rendeu e pediu para abrir as gavetas. No ato, o autor do crime viu as chaves do veículo da vítima, as roubou, entrou no mesmo e fugiu.  O carro era um Ford/Ka branco e ele foi...
Continuar lendo...

Vereadora é condenada por apropriação indébita enquanto advogada

A vereadora de Botuverá e advogada Margarete Terezinha Leitis foi condenada pela justiça a 2 anos e 8 meses de prisão em regime aberto por crime de apropriação indébita. Ela foi denunciada pelo Ministério Público e a sentença emitida pelo juiz Edemar Leopoldo Schlosser, da vara criminal de Brusque. Segundo denúncia do Ministério Público, ela não teria repassado valores a clientes em processos ganhos...
Continuar lendo...