Comércio comemora vendas no Dia dos Namorados

O dia dos namorados, comemorado na última sexta-feira, 12 de junho, marcou o reaquecimento das vendas no comércio de Brusque. A Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque (CDL) registrou um aumento de 13% nas consultas de intenção de compra, comparado ao mesmo período em 2019.

O ticket médio de compra também superou as expectativas e ficou na faixa de R$ 101 a R$ 200, o dobro do que era esperado. É o que aponta levantamento feito pela CDL Brusque com empresários do comércio e serviços nos dias 15 e 16 de junho e consulta de dados estatísticos da entidade.

Para 40% dos entrevistados, o faturamento nesta data foi superior a 2019, sendo que 25,7% consideram um aumento de até 10% nas vendas e 14,3% estimam aumento em mais de 20%. Para 25,7%, o faturamento ficou na mesma faixa de 2019 e outros 34,3% registraram queda nas vendas.

Abertura no feriado

Outra novidade neste ano foi o incentivo da CDL Brusque e do Sindicato do Comércio Varejista de Brusque, Botuverá e Guabiruba (Sindilojas) para abertura do comércio na quinta-feira, 11 de junho, feriado de Corpus Christi.

Dos entrevistados, 85,7% aderiram à sugestão e abriram suas portas. O segmento com maior adesão foi o de calçados, vestuário e acessórios (40%), seguido por joalheria e ótica (14,3%). Dos que não aderiram à sugestão, a maioria atribuiu a não abertura ao feriado religioso.

Dos que abriram, 90% considerou a experiência positiva avaliando a abertura como: 30 % muito positiva - nota 10, 46,7% superou as expectativas – nota 9 e 13,3% regular – nota 8. No mesmo quesito, 6,7% avaliou a experiência como abaixo das expectativas – nota 6, e 3,3% como negativa – nota 5 ou abaixo.

Segundo o presidente da CDL Brusque, Fabricio Zen, os dados de aprovação reforçam o trabalho das entidades nesta campanha pela abertura do comércio. “O resultado mostra que acertamos ao fazer esse convite. Tivemos boas falas dos nossos associados, e percebemos um bom movimento no feriado. Claro que vimos algumas lojas que não aderiram à campanha, mas entendemos que não são lojas de Brusque, são redes de fora. De modo geral, nosso associado atendeu a esse chamado que sugeria a abertura no feriado e garantiu boas vendas”, ressalta.

De modo geral, 74,3% dos entrevistados acredita que as entidades devem continuar incentivando a abertura do comércio em feriados que caiam no meio da semana. 

Para o presidente do Sindilojas, Marcelo Gevaerd, a abertura no feriado foi assertiva para diluir o movimento nas lojas. “Se tivesse sido só na sexta-feira, com pandemia, poderia ter sido prejudicial à saude de todos. Pela pesquisa, para a grande maioria a abertura neste feriado superou e muito as expectativas. As vendas podem não ser aquilo que a gente queria, mas é muito mais do que imaginávamos. Parabéns a todos aqueles que acreditaram”, afirma.

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Mulher estava com mandado de prisão expedido pela justiça

Uma mulher foi presa na noite de ontem, sexta-feira (24) após a Polícia Militar verificar uma situação de excesso de barulho. O caso aconteceu na região do bairro Batêas, em Brusque. Um chamado de perturbação de sossêgo foi feito ao Centro de Operações da Polícia Militar (Copom). Quando a equipe chegou ao local, após ouvir conversas entre as pessoas que estavam na residência, resolveu consultar...
Continuar lendo...

Crítico ferrenho de Moisés será o relator no tribunal de julgamento

O deputado Kennedy Nunes (PSD) será o relator da etapa da admissibilidade da denúncia contra o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e a vice Daniela Reinehr (sem partido) no caso do reajuste salarial dos procuradores do Estado. O nome dele foi sorteado durante a sessão de instalação do Tribunal Especial de Julgamento, realizada na manhã desta sexta-feira (25), na Assembleia Legislativa. Kennedy terá o prazo de 10 dias, contados a...
Continuar lendo...

Covid-19: R$ 1,4 milhão federal para leitos de UTI chega a Brusque

A Prefeitura de Brusque realizou nesta quinta-feira (30) o repasse de R$ 1.440.000,00 milhão para o hospital de Azambuja. O recurso se refere ao custeio do governo federal aos dez primeiros leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) credenciados para atendimentos a pacientes com Covid-19, habilitados por 90 dias, em 3 de julho.  Além do Azambuja, outros onze hospitais catarinenses foram beneficiados, totalizando um repasse para o estado de mais de R$ 16...
Continuar lendo...