Mães que são menores de idade podem pedir auxílio emergencial

A partir de ontem, sábado (30), as mães com menos de 18 anos podem pedir o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras). A novidade está disponível na 16ª versão do aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, que está sendo liberada hoje pela Caixa Econômica Federal.

Incluída pelo Congresso durante a tramitação da medida provisória que instituiu o benefício, a extensão do auxílio emergencial para mães menores de idade havia sido sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no último dia 15. O cadastro no auxílio emergencial pode ser pedido até 3 de junho.

A vice-presidente de Tecnologia da Caixa, Tatiana Thomé, explicou como funcionará a novidade em entrevista coletiva hoje à tarde. A mãe menor de idade precisa cadastrar pelo menos dois membros da família (ela própria mais um filho, no mínimo). Caso a adolescente pertença a uma família maior, com algum membro que tenha se cadastrado no auxílio emergencial, precisará fazer o cadastro compatível com o do outro membro da família.

Mães grávidas não poderão fazer o cadastro porque o aplicativo pedirá o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) do filho. O processo se dará de forma igual ao dos demais cadastramentos. Ao entrar no aplicativo, a mãe digitará nome completo, número do CPF, nome da mãe e data de nascimento, conforme constam nos cadastros da Receita Federal. O aplicativo oferece a opção “mãe desconhecida”, caso a requerente não conheça a mãe.

Finalizado o cadastro, os dados serão enviados à Dataprev, empresa estatal de tecnologia, que comparará as informações prestadas com as 17 bases de dados disponíveis para ver se o requerente cumpre as condições da lei para receber o auxílio emergencial. A usuária poderá acompanhar, no próprio aplicativo, se o benefício foi aprovado, negado ou se o cadastro foi considerado inconclusivo (quando as informações prestadas não conferem com os bancos de dados do governo)

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões

Aumento de casos nas cidades vizinhas pode reativar barreiras nos acessos a Brusque

As barreiras sanitárias instaladas na Rodovia Antônio Heil, entre Brusque e Itajaí, podem ser reativadas. A informação foi divulgada pelo secretário municipal da Saúde de Brusque, Humberto Martins Fornari, na noite deste domingo (14), em um de seus canais de mídia social. O assunto deverá ser discutido com outros membros do governo ao longo dos próximos dias. A justificativa para a possibilidade de retorno das barreiras...
Continuar lendo...

Carro teria acertado ciclista e fugido do local

Um rapaz de 18 anos de idade foi encaminhado ao pronto socorro do hospital após se acidentar na rua São Pedro, bairro São Pedro, em Guabiruba. O fato foi registrado por volta de 19h57 de ontem, sábado (20). De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele apresentava ferimentos leves quando encontrado. O rapaz disse que trafegava pela via, quando teve a frente cortada por um carro. O motorista teria fugido do local. Não há informações sobre o...
Continuar lendo...

Identificado jovem que morreu no acidente da Ivo Silveira

Identificado o nome do jovem que morreu em um acidente de trânsito no final da tarde de ontem, domingo (21), na rodovia Ivo Silveira, bairro Batêas,em Brusque. Trata-se de Thallys Lucas dos Santos (21). Ele era morador do bairro Margem Esquerda, em Gaspar, e faleceu no local da colisão. Lucas trafegava pela rodovia por volta de 17h40, a bordo de uma moto CG Honda 150, quando se chcou com um veículo Ágile, placas de Botuverá, conduzido por uma...
Continuar lendo...