Cinco presos, cocaína e duas operações desencadeadas

O delegado de Polícia Alex Bonfim Reis apresentou detalhes da operação de combate ao tráfico de drogas desencadeada esta manhã. A ação terminou com cinco pessoas presas, sendo quatro em flagrante e uma preventiva. 

Segundo o delegado, tudo teve início ainda no mês de fevereiro, quando duas pessoas foram presas pela prática do crime. Com isso, surgiram vários indícios de tráfico de drogas envolvendo outras pessoas, estas presas na operação desta quinta-feira.

Aquela investigação foi estendida até hoje para que nada atrapalhasse a captura dos demais suspeitos e a juntada de provas. Na prática, foram duas operações de investigação desenvolvidas simultaneamente e que tiveram o desfecho nesta quinta-feira (21).

“Pedimos apoio de outras policias civis, de Blumenau, Gaspar e Itajaí”, relatou ele, destacando que a ramificação dos envolvidos no tráfico se dava em outros municípios.

Houve o cumprimento de onze mandados de busca e apreensão. Essas diligências foram realizadas nos bairros Águas Claras, Dom Joaquim, Jardim Maluche e Centro de Brusque.

Com os cinco presos foram localizados diversos tipos de droga, com maior quantidade de cocaína. Havia, ainda, balanças de precisão.

Os envolvidos, ainda segundo o delegado, possuem ligações diretas com grandes traficantes, que fornecem a droga para a região.

“Temos o suficiente para autuação e prisão. A eventual associação ao tráfico teremos que atualizar”, frisou Reis.

Não foram reveladas as identidades das pessoas presas na operação, que levou o nome de Peixe Branco, por conta de que, segundo a polícia, um dos envolvidos vendia cocaína em um estabelecimento que comercializa sushi.

Colaborou Camila Costa

Dê sua opinião, antes leia os Termos de Uso
Dúvidas ou Sugestões